Os Imortais
Okina conseguiu destruir Sunagakure, tornando o vilarejo um só com as suas origens, as areias profundas do deserto. O mesmo aconteceu em Kirigakure no Sato, onde a entidade afundou a vila no oceano que o cercava. Porém, ao tentar acabar com Konoha, a inimiga da humanidade falhou sendo impedida pelos novos salvadores do mundo. Abençoados por Hagoromo, os ninjas Mako e Mordred conseguiram selar a adversária criando uma segunda lua pairando sobre o planeta. Passadas algumas semanas, uma seita antiga se reuniu procurando o local onde poderiam ressuscitar Jashin, um deus antigo. Liderados por uma mulher capaz de ouvir a voz do deus, os seguidores subiram a Cordilheira dos Deuses e encontraram uma rocha cheia de selamentos frágeis e acabaram assim liberando um novo inimigo que se diz ter muitos nomes: Kami-sama, Jashin-sama e Shaka-sama. A nova divindade absorveu os poderes da lua onde Okina foi selada e transformou-se totalmente, porém, uma quantidade estranha de chakra vazou e espalhou-se no planeta inteiro.O novo inimigo da humanidade marcou três vilarejos: Konoha, Iwa e Kumo. Mas quais são seus verdadeiros planos? E quem é a pessoa que despertou depois de muitos anos?
.
.
.
.
.
Últimos assuntos
» Lista & Organização de Habilidades Especiais
Hoje à(s) 14:26 por Oda

» Lista & Organização de Aparência
Hoje à(s) 14:19 por Kaginimaru

» [RP - Crônica] Libertação - Hidey
Hoje à(s) 14:18 por Tenshin

» [OFF - Debate] Uchihas vs ?????
Hoje à(s) 14:11 por Kafka

» [BB] Goroima
Hoje à(s) 13:45 por Kaginimaru

» Loja de Kumo
Hoje à(s) 13:44 por Kaginimaru

» [ FIXO ] Sistema de Reset Parcial e Total
Hoje à(s) 13:44 por Kaginimaru

» [M.F] Shizui
Hoje à(s) 13:43 por Kaginimaru

» [M.F] Takeo Ita
Hoje à(s) 13:43 por Kaginimaru

» Lista & Organização de Vilarejos
Hoje à(s) 12:41 por Kaginimaru


Convidado


Ter 17 Jul - 14:26
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações

<

[RP - CRO] - Rastros de Sangue

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Ter 16 Jan - 16:44

Relembrando a primeira mensagem :










- Rastros de Sangue -

   Era manhã no Vilarejo. Os picos e planaltos de pedra se recheavam de gente apressada. Comerciantes abrindo suas respectivas propriedades, famílias levando seus filhos à academia. E, principalmente, ninjas novatos correndo, de peito estufado, indo cumprir com as ordens que lhes foram dadas.
   Talvez para muitos a vida de um Shinobi fosse algo honroso, e que as missões e tarefas concedidas pelo Tsuchikage fossem a prova de tal honraria. Não para Malick Ryotenbin, agora mais conhecido apenas pelo sútil termo "Mr.": um devoto de Jashin, possui agora em sua mente, mesmo que pequeno, o desejo pela matança e pelo sangue.
   Entretanto, como um Tokubetsu, ainda tinha obrigações, mesmo que monótonas e pequenas em comparação com os ritos de adoração ao deus. Neste dia, logo pela manhã, Mr. encaminhava-se ao prédio da Tsuchikage. Pela maneira como foi abordado na tarde anterior, parecia ser um assunto urgente.
Considerações:
KOE VIADO kk mlk tu é dos meus. qualquer jashin eh dos meus. bom gosto p kct p boneco. bom como ja disse sou um narrador novato, qualquer feedback eu agradeceria x) tirando isso espero que se divirta humildemente.
post 01/45~∞
 


Última edição por gamabuga em Qua 17 Jan - 17:04, editado 1 vez(es)
avatar
Nukenin B
Nukenin B

Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Qua 14 Mar - 20:45





- Soneto 108.-

Aquele que emerge na escuridão da noite...

Por um descuido meu ele conseguiu levemente me tocar. Porem, de certa fora minhas armaduras foram o suficiente para que ele não conseguisse me controlar e agradecia por aquilo, pois de nada conseguiria se fosse um deles, parecia que esse pequeno toque do mesmo em minha armadura, deu acesso a meus pensamentos e nesse momento Miyu ressurgiu com Fentou ferido nos braços, aquilo poderia ser o que precisava para Torue acordar, pois vendo seu fiel amigo ferido, poderia desencadear emoções novamente, ao ponto de acorda-lo por um longo tempo. A tentativa de fazer com que Miyu fosse para longe não fora o suficiente, logo, seria tres contra um ou dois contra dois, se Torue acordasse, mas não podia esperar por aquilo, eu tinha que fazer algo. Mas com Momoi sabendo o que eu pensava, era realmente difícil e nisso fechei os olhos por um instante, esvaziei meus pensamentos e deixei o instinto me levar, exatamente como aprendi no treinamento com Fentou e Torue.

Assim meu corpo se moveu sozinho, meus cabelos negros cresceram e cobriram meu corpo completamente disparando incontaveis agulhas sem parar em direção a todos os lados, meu corpo girava em velocidade máxima em direção ao solo a velocidade era tanta que as agulhas continuavam a sair e parecia uma broca descendo, ao chegar, toquei o solo aplicando chakra no mesmo, nesse momento, sabendo que nenhum deles possuia a capacidade de voo, utilizei meu jutsu e novamente, tudo na volta começava a ser sugado em direção ao buraco, logo, meu corpo se movia em direção ao céu, ficando a quinze metros de onde estava e finalmente as agulhas paravam.


Hari Jizō
Rank: B
Descrição: Esta é uma técnica onde o usuário encerra-se em um número incontável de agulhas afiadas, mas na verdade, os picos são cabelos do usuário. Chakra concede aos fios de cabelo a dureza e forma de agulhas, dotado de uma capacidade de ferir e matar a par com a de armas metálicas. Além disso, se activado em resposta a um ataque do adversário, ele pode também ser usado como um contra-ataque. O cabelo é feito duro o suficiente para que ele possa suportar golpes de certos tipos de armas, como flechas.

Doton: Arijigoku no Jutsu
Rank: A
Descrição: Esta técnica faz com que o solo e tudo sobre e em torno dele para ser sugado para o meio de um grande poço, bem como o método de um antlion usa para capturar presas. Ao ser arrastado para o centro, a vítima será então sugado subterrâneo. Existe a vítima, dependendo de quão profundo o usuário torna-os afundar, vai ser preso e / ou sufocada. A gama do poço é determinado pela quantidade de chakra é colocado na técnica. O tema antlion se encaixa com a aparência de Kagero, enfatizando sua grande mandíbula nesta forma.

Doton: Domu - Ativo
Rank: B
Descrição: O usuário corre chakra através de todas as partes do seu corpo fazendo-a tornar-se visivelmente mais escuro, o que aumenta o seu poder defensivo aos seus últimos limites, fazendo a pele tão duro como diamante, facilmente capaz de suportar a maioria dos ataques com pouco ou nenhum dano. Como resultado, a quantidade de técnicas que podem romper as áreas endurecidas pela Lança Terra são perto de zero, excluindo sua inegável ponto fraco: Relâmpago lançamento ninjutsu. Além disso, o poder destrutivo dos ataques físicos é aumentada, tornando esta uma ótima técnica para todos os fins. Kakuzu usou essa técnica através do uso de sua máscara Terra-elemento. Kakuzu demonstrado a capacidade de usar esse recurso para cobrir-se parcialmente (ou seja, mão e braço inferior, e ao lado de sua cabeça) sem o uso de selos de mão, que lhe deu uma vantagem tática significativa contra emboscadas.


Iwa no Yoroi. Ativo.
Rank: A
Descrição: O usuário transporta o chakra terrestre através do corpo, absorvendo as propriedades da terra em torno deles para formar uma armadura profunda e transparente e só é visível quando a luz se reflete. A armadura é mostrada para poder se defender de todas as formas de trauma de força contundente. Ao mesmo tempo, aumenta a força do usuário, permitindo que eles entreguem ataques poderosos e se libertem de restrições. Como esta técnica funciona por propriedades da Terra constantemente absorvidas, não requer nenhum chakra extra depois de iniciá-lo, mas ainda precisa de uma quantidade suficiente de pedra para ser executada.



Doton: Keijūgan no Jutsu - Ja ativo.
Rank:B
Descrição: Ao contrário do seu homólogo, esta técnica reduz a gravidade do alvo, tornando-o muito mais leve. Ele é frequentemente utilizado para iluminar objectos que transporta o utilizador, mas também pode ser aplicada ao corpo do utilizador, aumentando a sua agilidade. Ao tocar em um alvo, a sua gravidade pode ser tirado, com o usuário que regulamenta o quanto é tomada. A atmosfera, juntamente com um corpo humano pode ser atenuado, a fim de tomar o vôo. Com bastante prática, uma pessoa pode controlar seu vôo através do céu com movimentos corporais específicos. No entanto, uma consequência da utilização dessa técnica em si mesmo ou outro indivíduo é uma diminuição da força física dos ataques da pessoa afetada

Hp: 1090/1090
Ch: 1565/750

BOLSA DE ARMAS¹ (20)

Kunai: 05
Shuriken: 05
Kibaku fuuda: 4
Fuuma Shuriken: 01
Kemuridama: 03
Hikaridama: 02

BOLSA DE ARMAS² (20)

Kunai: 08
Kibaku Fuda: 05
Hyōrōgan: 01
Kemuridama: 05




_______________________

Ficha
avatar
Bakuha Butai|Anbu
Bakuha Butai|Anbu
Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Sab 17 Mar - 12:43










- O Último Sacrifício -
   O pensamento do ninja foi rápido, mesmo em uma ocasião completamente inusitada. E o plano que pensou foi de, simplesmente, não pensar. Momoi deu uma sutil risada: "Então... vai tentar lutar contra mim sem sequer pensar? Pode ten--" - Antes que pudesse continuar a frase, o menino avançou como um raio na sua direção. Seus cabelos cresceram e dispararam inúmeras agulhas nas mais diversas direções. "C-como diabos você...!" - Praguejou ele. De alguma forma, mesmo sem pensar nos movimentos, eles pareciam fluir de uma maneira continua, como se fossem levados por uma maré, por um... fluxo. Era como se cada movimento se conectasse ao outro, como se os golpes que estivesse executando fossem o estado natural do seu corpo, como o estado em que eles inevitavelmente entrariam.
   O inimigo tentou desviar das agulhas, porém, não esperava um ataque tão coordenado sem a presença de um "plano". Pela primeira vez, pôde vê-lo sendo atingido: uma pequena lâmina passou de raspão na sua bochecha. Um pequeno jato de sangue se espalhou pela mascara completamente branca. Antes que ele tivesse, porém, tempo para dizer qualquer coisa, Ryotenbin aterrissou mais uma vez executando aquela técnica devastadora. Tudo, mais uma vez, começou a ser sugado para um centro negro no meio do campo de batalha. O garoto subia aos céus e saía do alcance da técnica. Momoi, no entanto, mais uma vez, não tinha como escapar.
   De novo exclamou: "Miyu!" - Assentindo com a cabeça, a menina mais uma vez deu a mão ao homem antes de o mesmo ser engolido para baixo da terra. 

   A fumaça lentamente se dissipava mais uma vez. Revelando o terreno agora destruído. O chão se transformou em destroços de árvores que foram arrancadas pelas raízes e diversos desníveis de terra. Daquele ponto central, voltava Momoi, em sua forma gosmenta. "Não entende...? Enquanto Miyu estiver ao meu alcance... não há nada que você pode fazer para me atingir." - Dizia, com um leve tom de irritação. seu machucado de antes havia estancado, mas as marcas de sangue permaneciam na máscara.
   Uma de suas seis mãos revelou um pequeno Kanji, que mesmo à distância podia ler com clareza: Torue. Ela se fechou e logo se abriu um uma explosão de Chakra. "Sabe... a minha habilidade não precisa ser apenas em tempo real... também posso guardá-la para usar depois." - Assim que terminou a frase, um enorme pilar em forma de dragão avançou do solo na direção de Ryotenbin.
   

Considerações:
 
ainda ta geral a 5m de geral
dragão rank S vel 5



imagem mais próxima que eu consegui do momoi

https://i.pinimg.com/736x/2b/a0/a3/2ba0a3cf3ca4cc5451f1e3a175b48b51--bodysuit-costume-slender-man.jpg




unico gif do torue q eu achei sem ser o antigo q n tem um tamanho descomunal


post 36/40~∞
 
avatar
Nukenin B
Nukenin B
Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Sab 17 Mar - 14:35







- Soneto 109.-

Rastros de Sangue.



Ele estava ferido, apenas isso que pude notar, não havia mais pensamentos em minha mente, meu corpo apenas se movia por alto instinto, ainda estava voando e não deixaria de voar, Momoi disse algumas palavras e eu apenas sorri, não tinha tempo para lidar com outras coisas, meus golpes foram efetuados com sucesso e vi rastros de sangue de Momoi na terra, novamente ele utilizou Miyu como um pilar para escapar de minhas técnicas e infelizmente eu tinha que utilizar minha força para derruba-la. Ela concentrava sua Kekkei Genkai e ele absorvia a mesma, se ela, por acaso estivesse desmaiada ela não iria concentrar e acho que não conseguiria absorver. Miyu e Momoi Ressurgiam, Miyu estava atras de Momoi, ele disse umas coisas no qual prestei atenção, nisso um dragão de pedra o mesmo utilizado antes por Torue, ele vinha em minha direção, porem, minha velocidade estava aumentada devido ao fato de estar mais leve devido a meu Jutsu, consegui utilizar minha velocidade para desviar do dragão, mas eu conhecia a técnica e sabia que ele iria me seguir - Um Jutsu não funciona duas vezes contra um Ninja de Jashin - Proferi as palavras, utilizei minha velocidade constante para ir em direção a Momoi e Miyu.  Olhei fixamente em direção aos olhos de Miyu, tentando paralisar a mesma com meu Kanashibari, assim fui em direção a ela tentando acertar-lhe um soco no rosto com a intenção de desmaia-la.


- Considerações -

Minha velocidade e superior a do dragão devido a meu jutsu de Voo, isso, faz com que minha defesa seja efetiva, pois conhecendo o jutsu e sabendo da destruição que o mesmo causaria em mim, não ficaria parado para receber o dano novamente, por mais que estivesse com o Doton Domu e Iwa Yoroi ativos.  Bom, contudo após desviar do dragão, sabia que ele viria em minha direção, fui em direção a Miyu e Momoi, tentei paralisar ambos com meu Kanashibari no jutsu, mesmo focando o olhar em Miyu.  Tentei golpear a mesma no rosto na tentativa de desmaia-la. Caso meu soco com força aumentada (devido ao Doton Domu e o Iwa no Yoroi) for defendido ou não acertar, irei utilizar minha velocidade e voar para cima na tentativa do Dragão bater nela ou em Momoi.


Kanashibari no Jutsu
Rank: D
Descrição: Uma técnica que restringe fisicamente um oponente, como se o oponente tivesse sido amarrado em cabos de aço invisíveis. Debilita a vítima por um curto período de tempo, o que permite que o usuário possa golpear novamente, ou tomar o alvo em custódia. Este é um ninjutsu D-rank onde a intensidade vai variar muito de acordo com o nível do usuário e sua habilidade. A técnica também pode ser convertida em todos os alvos de uma vez, dependendo da habilidade do usuário, e não deixará mal um shinobi durante as suas missões.

Doton: Domu - Ativo
Rank: B
Descrição: O usuário corre chakra através de todas as partes do seu corpo fazendo-a tornar-se visivelmente mais escuro, o que aumenta o seu poder defensivo aos seus últimos limites, fazendo a pele tão duro como diamante, facilmente capaz de suportar a maioria dos ataques com pouco ou nenhum dano. Como resultado, a quantidade de técnicas que podem romper as áreas endurecidas pela Lança Terra são perto de zero, excluindo sua inegável ponto fraco: Relâmpago lançamento ninjutsu. Além disso, o poder destrutivo dos ataques físicos é aumentada, tornando esta uma ótima técnica para todos os fins. Kakuzu usou essa técnica através do uso de sua máscara Terra-elemento. Kakuzu demonstrado a capacidade de usar esse recurso para cobrir-se parcialmente (ou seja, mão e braço inferior, e ao lado de sua cabeça) sem o uso de selos de mão, que lhe deu uma vantagem tática significativa contra emboscadas.


Iwa no Yoroi. Ativo.
Rank: A
Descrição: O usuário transporta o chakra terrestre através do corpo, absorvendo as propriedades da terra em torno deles para formar uma armadura profunda e transparente e só é visível quando a luz se reflete. A armadura é mostrada para poder se defender de todas as formas de trauma de força contundente. Ao mesmo tempo, aumenta a força do usuário, permitindo que eles entreguem ataques poderosos e se libertem de restrições. Como esta técnica funciona por propriedades da Terra constantemente absorvidas, não requer nenhum chakra extra depois de iniciá-lo, mas ainda precisa de uma quantidade suficiente de pedra para ser executada.



Doton: Keijūgan no Jutsu - Ja ativo.
Rank:B
Descrição: Ao contrário do seu homólogo, esta técnica reduz a gravidade do alvo, tornando-o muito mais leve. Ele é frequentemente utilizado para iluminar objectos que transporta o utilizador, mas também pode ser aplicada ao corpo do utilizador, aumentando a sua agilidade. Ao tocar em um alvo, a sua gravidade pode ser tirado, com o usuário que regulamenta o quanto é tomada. A atmosfera, juntamente com um corpo humano pode ser atenuado, a fim de tomar o vôo. Com bastante prática, uma pessoa pode controlar seu vôo através do céu com movimentos corporais específicos. No entanto, uma consequência da utilização dessa técnica em si mesmo ou outro indivíduo é uma diminuição da força física dos ataques da pessoa afetada

Hp: 1090/1090
Ch: 1565/740

BOLSA DE ARMAS¹ (20)

Kunai: 05
Shuriken: 05
Kibaku fuuda: 4
Fuuma Shuriken: 01
Kemuridama: 03
Hikaridama: 02

BOLSA DE ARMAS² (20)

Kunai: 08
Kibaku Fuda: 05
Hyōrōgan: 01
Kemuridama: 05




_______________________

Ficha
avatar
Bakuha Butai|Anbu
Bakuha Butai|Anbu
Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Dom 18 Mar - 22:44










- O Último Sacrifício -
   O dragão avançava implacável na direção do garoto. O mesmo, no entanto, não se abalou. Sequer demonstrou reação... em um frenesi de batalha, seu corpo seguia simplesmente aonde o instinto o levava. Com um impulso, saltou na direção dos inimigos. "Ha! Ainda vai insistir nisso? Ainda não entendeu q--" - Sentiu a surpresa na voz do homem ao vê-lo passando direto por ele. Percebeu tarde demais que o seu alvo... era outro. "Que--?!" - A menina tentou reagir, mas o Kanashibari a prendeu na mesma posição. Em um piscar de olhos seu rosto se desfez em uma gosma negra com o soco do ninja. No entanto, não foi o suficiente para tirá-la de combate.
  O plano, porém, ainda não havia acabado: indo para cima com sua habilidade de voo, deixou a menina paralisada frente à frente com talvez a última coisa que pensou que enfrentaria: o jutsu do seu próprio irmão. A rocha colidiu com o seu corpo e o mesmo se desfez em milhares de gotículas negras, que aterrissaram no chão, inertes. Você sabia que isso não era o suficiente para matá-la, mas aquilo havia te dado tempo para o seu principal objetivo: Momoi. As gotas se juntavam lentamente... você tinha uns dez segundos... talvez menos. Sentia que... de certa forma... aquela era a sua melhor e única chance de realmente matar aquele homem.
  "...Maldição..." - A sua máscara branca lentamente se desfazia com o desgaste na batalha... não descolou muito, mas foi o suficiente para que pudesse ver o seu olho direito. ...Raiva, ódio, maldade... talvez nenhuma dessas palavras pudessem descrever aquele olhar que, pela primeira vez, penetrava os seus olhos. Os olhos eram completamente negros, exceto pela pequena pupila verde que se destacava no meio do escuro. "...Basta. Vou terminar isso agora." - Começou a murmurar alguma coisa... Não era muito entendível, mas percebeu que, em uma de suas seis mãos, se formava um Kanji... após poucos segundos se construíu uma palavra nítida: Malick.
  Com um grito, chakra foi liberado por todo o seu corpo. Ele uniu suas mãos e o inacreditável aconteceu: um pequeno cone brilhante começou a se expandir em um agudo som de alta frequência. No centro, um núcleo luminoso. Você conhecia aquilo... era... o SEU jutsu. Porém, com uma exceção... ele tinha três pares de mão. Talvez fosse loucura... ou até mesmo suicídio avançar contra aquilo. Mas era a melhor chance que teria.
   

Considerações:
 
Bom... pra encerrar a luta bora fazer um negocio maneiro
tu tem em torno de 10 segundos p matar ele
ele tem 3 Jinton: Genkai Hakuri no Jutsu pra lançar em tu enquanto tu avança
narra uma estrategia pra desviar dos três durante o avanço e atacar ele

imagem mais próxima que eu consegui do momoi

https://i.pinimg.com/736x/2b/a0/a3/2ba0a3cf3ca4cc5451f1e3a175b48b51--bodysuit-costume-slender-man.jpg




unico gif do torue q eu achei sem ser o antigo q n tem um tamanho descomunal


post 37/40~∞
 
avatar
Nukenin B
Nukenin B
Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Seg 19 Mar - 17:42






- Soneto 110.-

O Grand Finale



Meu ataque fora efetivo. Consegui atingir Miyu e todo seu corpo se desfez em gosma negra, porem os dragões não se dividiram como havia acontecido antes e por causa disso não tinha como efetuar novamente a tática e atingir Momoi com o Jutsu, não havia muito tempo até ela se recuperar por completo, Momoi nesse momento utilizou uma Kanji com meu nome e criou tres cones de Jinton em minha direção, mas conhecia aquela forma e estava longe de ser a melhor a ser utilizada e nem podia utilizar ela para cortes ou giros, não tinha muito tempo, tinha que atacar antes de Miyu voltar ao normal, assim puxei uma kunai da bolsa ninja. - Momoi, essa kunai é o seu fim - gritei para o mesmo.

O Jinton estaria sendo usado contra mim, utilizei minha velocidade máxima e movi em curto período de tempo, apareci atrás de Momoi tentando enfiar a kunai em sua região reta, também chamada de ortificio anal, o basico de anatomia dizia que todo o ser humano possuia tal ortificio e estava localizado na região entra as nadegas, caso acertasse o golpe ali, realmente, poderia ser o fim de Momoi da forma mais tragica e comica possivel, pois pela analise da luta e fuga do mesmo, Momoi não possuia a capacidade total de acompanhamento de velocidade e era lento, talvez, nem um ninja ele era apenas um cientista louco que usava absorção de Kekkei Genkai para efetuar ninjutsu e após aquela profunda analise sobre meu oponente, ja era visto, quem de nos dois sairia vencedor: Eu.





- Considerações -

Bom, utilizei meu conhecimento sobre momoi para efetuar o atauqe mais rapido e simples que o instinto poderia fazer. Puxei uma kunai da bolsa ninja, fui em direção a Momoi em velocidade maxima e cheguei a suas costas, como sou menor que o mesmo, consegui baixar-me e tentei enfiar a Kunai no anus do mesmo, caso consiga, irei me afastar o maximo possivel e após afastar o Selo bomba na kunai ira explodir.



Doton: Domu - Ativo
Rank: B
Descrição: O usuário corre chakra através de todas as partes do seu corpo fazendo-a tornar-se visivelmente mais escuro, o que aumenta o seu poder defensivo aos seus últimos limites, fazendo a pele tão duro como diamante, facilmente capaz de suportar a maioria dos ataques com pouco ou nenhum dano. Como resultado, a quantidade de técnicas que podem romper as áreas endurecidas pela Lança Terra são perto de zero, excluindo sua inegável ponto fraco: Relâmpago lançamento ninjutsu. Além disso, o poder destrutivo dos ataques físicos é aumentada, tornando esta uma ótima técnica para todos os fins. Kakuzu usou essa técnica através do uso de sua máscara Terra-elemento. Kakuzu demonstrado a capacidade de usar esse recurso para cobrir-se parcialmente (ou seja, mão e braço inferior, e ao lado de sua cabeça) sem o uso de selos de mão, que lhe deu uma vantagem tática significativa contra emboscadas.


Iwa no Yoroi. Ativo.
Rank: A
Descrição: O usuário transporta o chakra terrestre através do corpo, absorvendo as propriedades da terra em torno deles para formar uma armadura profunda e transparente e só é visível quando a luz se reflete. A armadura é mostrada para poder se defender de todas as formas de trauma de força contundente. Ao mesmo tempo, aumenta a força do usuário, permitindo que eles entreguem ataques poderosos e se libertem de restrições. Como esta técnica funciona por propriedades da Terra constantemente absorvidas, não requer nenhum chakra extra depois de iniciá-lo, mas ainda precisa de uma quantidade suficiente de pedra para ser executada.



Doton: Keijūgan no Jutsu - Ja ativo.
Rank:B
Descrição: Ao contrário do seu homólogo, esta técnica reduz a gravidade do alvo, tornando-o muito mais leve. Ele é frequentemente utilizado para iluminar objectos que transporta o utilizador, mas também pode ser aplicada ao corpo do utilizador, aumentando a sua agilidade. Ao tocar em um alvo, a sua gravidade pode ser tirado, com o usuário que regulamenta o quanto é tomada. A atmosfera, juntamente com um corpo humano pode ser atenuado, a fim de tomar o vôo. Com bastante prática, uma pessoa pode controlar seu vôo através do céu com movimentos corporais específicos. No entanto, uma consequência da utilização dessa técnica em si mesmo ou outro indivíduo é uma diminuição da força física dos ataques da pessoa afetada

Hp: 1090/1090
Ch: 1565/740

BOLSA DE ARMAS¹ (20)

Kunai: 04
Shuriken: 05
Kibaku fuuda: 3
Fuuma Shuriken: 01
Kemuridama: 03
Hikaridama: 02

BOLSA DE ARMAS² (20)

Kunai: 08
Kibaku Fuda: 05
Hyōrōgan: 01
Kemuridama: 05




_______________________

Ficha
avatar
Bakuha Butai|Anbu
Bakuha Butai|Anbu
Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Ter 20 Mar - 22:47










- O Último Sacrifício -
   Malick enfim avançava. O avanço final daquela que talvez tenha sido uma das maiores missões que já fez na vida. "Momoi, essa kunai é o seu fim." - Disse o ninja. O homem, dessa vez, não riu. "Venha. Vamos resolver isso agora." - Assim que acabou a última palavra, um clarão branco invadiu o campo de batalha. Mesmo não sendo um especialista, conhecia a própria técnica... e conhecia seu inimigo. Com sua velocidade, foi capaz de desviar do golpe e se posicionar atrás do homem. "Você...!" - Sequer pôde completar a fala. Antes que percebesse, uma Kunai acertou-o em cheio no lugar mais inusitado.
   "...." - O momento passou como se durasse horas. De alguma forma, sentia cada segundo daquele evento de maneira que nunca viu antes. "...Uh... u...." - De repente, sua visão começava a se esbranquiçar, até ser tomada por um clarão. Começou a ter... visões. Visões turvas, que, porém, logo tomavam forma. Você via um garoto... Um pequeno menino de olhos coloridos... um olho verde e um olho vermelho. Portava orgulhoso uma bandana novinha... com um símbolo de uma rocha encrustado no metal. Os segundos eram confusos... às vezes se passavam horas em um flash... às vezes, menos do que um instante. Via cenas do menino chorando... sofrendo. Muitas vezes sozinho em cantos isolados, encima de rochas. As poucas cenas que testemunhava do menino em público, era de o mesmo sendo coagido. Outros garotos batiam nele... alguns ate mesmo o cortavam com lâminas... sempre com as mesmas frases martelando na cabeça: "Seu garoto esquisito..." "De que tipo de raça você é?" "S-será que é um animal? Hahahaha...!" "Ei, animal! Nós somos humanos, prazer. Somos a raça superior." - Seus olhos, de fato, eram de cores diferentes... Era quase como se todos ao seu redor fossem de outra espécie. Outra... raça. "Raça..." "Animal... pega esse osso aqui, olha! Hahahaha!" "Nós que somos a raça superior." "Raça superior..." "Raça."
   Foi quando a cena se tornou totalmente nítida. Era quase como se fosse a visão mais clara de todas. Via o menino rodeado de crianças. Uma luz vermelha... fogo. A próxima coisa que viu e ouviu foram os gritos do menino enquanto seu rosto era queimado e desfigurado pelas chamas. Tudo a partir daí foi confuso e misturado... viu coisas extremamente desconexas. Fugas... Laboratórios. Viu tudo como se estivesse na pele daquele menino. Viu estudos. Todos eles. Invenções, maquinários... até mesmo kekkei genkais. Tanto Jinton, quanto Bakuton... quanto à kekkei genkai da Miyu... e uma peculiar. Nunca tinha a visto antes... era algo sobre... controle mental.
   O clarão passou. Viu-se de novo portando aquela Kunai, que adentrava cada vez mais o corpo do inimigo. A feição dele, naquele momento quase perene, também mostrava surpresa. Mesmo com a máscara branca, parcialmente rasgada, pôde sentir quase que etereamente o que ele sentia. "Você... é pior do que eles..." - Murmurou. Talvez... ele também tivesse tido visões... só que de outra pessoa. Assim que ele terminou de fazer isso, seu corpo voou pelos céus em uma explosão.


   Estava ofegante. A chuva lentamente parava. O dragão de rochas se desfazia e a gosma negra gradualmente se juntava. Um sutil barulho de impacto cortou o silêncio que se formava no campo. Era o corpo do seu inimigo. Seu manto branco agora jazia em migalhas. Pôde finalmente ver o seu rosto... ... ... nada. Tudo o que via era aquele olho verde revirado. Todo o resto do rosto se resumia a feridas e pele morta. Até mesmo a boca, nariz e o outro olho haviam se fundido juntos, como se toda a cabeça estivesse completamente desfigurada. Assim que a poeira se dissipava... você encontrava-se sozinho, contemplando o silêncio repentino. 
   

Considerações:
 
post de descanso antes do final

imagem mais próxima que eu consegui do momoi

https://i.pinimg.com/736x/2b/a0/a3/2ba0a3cf3ca4cc5451f1e3a175b48b51--bodysuit-costume-slender-man.jpg




unico gif do torue q eu achei sem ser o antigo q n tem um tamanho descomunal


post 38/40~∞
 
avatar
Nukenin B
Nukenin B
Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Qui 22 Mar - 9:53






- Soneto 80.-

O dia que não terminou



Meu ataque furtivo funcionou.... Porem, quando encostei a kunai no orifício anal de Momoi, parecia que eu havia sido pego em uma espécie de Genjutsu... Tive visões da vida de um menino desamparado e triste, ele possuía uma doença rara nos olhos chamada de heterocromia e aquilo afetou bastante sua infância, hoje na vila, vários ninjas haviam essa doença e as pessoas achavam diferente e queriam ela também, era algo que aflorava a beleza das pessoas mas com aquele menino era diferente... Realmente, as épocas eram diferentes o que antes era dito como monstruoso e nojento, hoje era dito como lindo e perfeito. Se aquela criança, fosse mesmo Momoi, a vida dele poderia ser diferente hoje em dia.

Vi sobre invenções, maquinários e tudo obtido era friamente guardado em minha memória, mesmo que fosse um genjutsu parecia ser real e se não fosse um genjutsu, então, guardar informações obtidas era algo que eu faria, independente da situação. Também recolhi informação sobre Kekkei Genkais e como juntar dois elementos e formar outro. Ja sabia isso com Jinton e Ranton. Mas Bakuton? Teria que tentar para saber se conseguiria dominar tal arte, até porque explodir as coisas em nome de Jashin parecia uma grande forma de conseguir sacrifícios ao meu Deus, as informações eram muitas, mas todas eram guardadas em mínimos detalhes para não seres esquecidas.

O Clarão passou em piscar de olhos e me vi novamente no campo de batalha contra Momoi a kunai que eu possuía estava fincada em seu anus eu empurrava cada segundo mais. Ele virou o rosto lentamente com uma expressão de dor e medo que eu jamais havia visto no rosto de uma criatura que havia matado, murmurou coisas, dizendo que eu era pior que eles no final e aquilo me chamou atenção. Teria Momoi visto minha vida, enquanto eu via a sua? Não sabia, mas que eu sabia é que estava na hora de recuar e nesse segundo, utilizando meu jutsu de voo fiz um manobra arriscada com as mãos no chão e afastei de Momoi - Em nome de Jashin, seus pecados estão perdoados e seu nome não será lembrado - Assim tudo terminou em uma linda e sagrada explosão com sangue e fedor pelo local, inspirei o cheiro e ria enquanto estalava o pescoço. Tudo era silenciado com um tom de despedida até ouvir um barulho e ver o corpo de outrora meu inimigo estar caído ao chão, fui até o mesmo e vi seus olhos verdes e partes de seu rosto onde jazia uma mascara branca, voltei a rir e coloquei as mãos na cabeça me ajoelhando ao chão - Isso é repulsivo - Não havia funeral, não havia nada... Eu teria matado centenas de pessoas na vila da Chuva, não demonstrei sentimento nenhum por elas e por momoi não seria diferente e por isso utilizei uma kunai e arranquei a cabeça do mesmo, ainda com mascara e coloquei ao chão enquanto chutava o corpo para longe.

A explosão podia acordar Torue e Miyu, também Fentou se ele estivesse ainda vivo. Assim, não sabendo se o controle mental de Momoi havia ou não sido quebrado, juntei os corpos de Miyu e Torue um do lado do outro e apliquei chakra deixando os corpos mais pesados, depois disso, deixei a cabeça de Momoi na frente dos corpos e assentei a frente dos corpos e coloquei Fentou ao colo de Torue e passei a jogar pequenas manipulações de agua em seus rostos esperando acordarem.



Doton: Kajūgan no Jutsu
Rank: B
Descrição: Uma técnica que aumenta a gravidade alvos. A mobilidade do inimigo se torna maçante, como a pessoa é esmagado pela gravidade. Usando uma região desértica a sua vantagem, o usuário pode facilmente enterrar o inimigo vivo, submergindo-os na areia. Quando esta técnica é aplicada ao utilizador que diminui a sua velocidade, mas o aumento de peso melhora drasticamente a sua força. Este método torna possível, mesmo para uma pessoa fraca para conseguir um hit devastador.



Hp: 1090/1090
Ch: 1565/690

BOLSA DE ARMAS¹ (20)

Kunai: 04
Shuriken: 05
Kibaku fuuda: 3
Fuuma Shuriken: 01
Kemuridama: 03
Hikaridama: 02

BOLSA DE ARMAS² (20)

Kunai: 08
Kibaku Fuda: 05
Hyōrōgan: 01
Kemuridama: 05




_______________________

Ficha
avatar
Bakuha Butai|Anbu
Bakuha Butai|Anbu
Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Sab 24 Mar - 0:12










- O Último Sacrifício -
   Silêncio. Até mesmo o vento havia cessado. Malick via-se perante todos aqueles com quem passou as últimas semanas. Torue e Miyu jaziam no chão inconscientes, porém vivos. O sutil movimentos de seus peitos indicavam o fato. O pequeno Fentou, no entanto, já não dava mais sinal de movimento. Inerte no solo, envolvia-se de sangue a cada segundo que passava, juntamente a ao corpo descabeçado do inimigo.
  O ninja fazia algumas manipulações de água. Jogava pequenos jatos periodicamente no rosto dos companheiros.  O que havia sido tudo isso? Talvez, parasse para pensar como chegou naquela situação. Aonde teria ido tão longe por essas pessoas? Era quase como se algo tivesse despertado dentro dele. Só não sabia muito bem o que era.
  Os olhos de ambos começavam a dar pequenos movimentos repentinos. O sinal que faltava: estavam acordando. Ao mesmo tempo em que o sol começava a adentrar o céu novamente. Era um momento serene. O arauto que trazia a tão esperada vitória... Era, enfim... o fim.

  Ou... não. Assim que os olhos de ambos se abriram lentamente, o tempo se congelou. Tudo simplesmente parou de se mover. Os poucos pássaros que rodeavam o planalto ao seu lado ficavam imóveis em pleno ar. A poeira que voava da batalha passada congelou em meio às espirais que fazia. Nada mais seguia em frente. As cores começavam a se distorcer, oscilavam entre as cores reais do ambiente e outras completamente opostas. Era como se tudo se tornasse um grande mosaico de cores que mudavam constantemente. Tudo ao redor começou a... derreter. As rochas se liquefizeram, as pessoas, inclusive Miyu e Torue, se desfizeram em pó e todo o resto do ambiente se estilhaçou. Todas as partículas convergiam em uma espiral, formando uma forma... uma figura... um... rosto. Nunca havia visto esse rosto antes. Era diferente de tudo o que já vira. Era um rosto humano... mas ao mesmo tempo não era um humano. Estava à sua frente, mas ao mesmo tempo parecia estar em todos os lugares. Durante essa fração de segundos em que toda essa alegoria aconteceu, mesmo não fazendo ideia do que se tratava... no fundo... você sabia do que se tratava.

  Tudo voltou ao normal. Voltou ao silêncio da planície mais uma vez. Torue e Miyu estavam no chão, semi-acordados. Você olhou para a sua mão. O sacrifício. Ainda havia um sacrifício que precisava ser feito... pois o ritual foi interrompido. Um último sacrifício. E esse, apenas um verdadeiro Jashinista poderia executar.
Olhou para frente. Havia três opções... três caminhos que poderia seguir neste momento... talvez... essa fosse bifurcação mais importante de toda a trilha até então.

 
Considerações:
 
tu tem total liberdade narrativa nestes proximos 2 posts
pode assumir e narrar coisas como se tivesse o poder de um narrador
sinta-se livre nesse final de rp
nois



unico gif do torue q eu achei sem ser o antigo q n tem um tamanho descomunal


post 39/40~∞
 
avatar
Nukenin B
Nukenin B
Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Sab 24 Mar - 12:15






- Soneto 81.-

Um abalo eterno.



Não havia mais alternativas... Sabia exatamente o que era aquelas visões distorcidas, era Jashin pedindo um sacrifício. Eu devia ter consagrado o corpo de Momoi para o sacrifício, porem não havia meios de fazer após a explosão de grande parte do corpo, tirando que Jashin queria sacrifícios vivos e com ela ja morto, não seria nada agradável ao Deus. Estava na hora de fazer a escolha e não pensei muito, nesse momento, puxei fentou seu coração estava parado, mas não fazia muito de sua morte, então, utilizei os dedos como condutor eletro e apliquei chakra Raiton e apliquei em seu peito, apliquei algumas vezes até que finalmente ele voltou a vida, porem em um estado deplorável de vegetação, ele não reagia, apenas me olhava com os olhos pensando em o porque eu havia trazido ele de volta. Consagrei o corpo de Fentou e utilizei uma kunai para abri-lho enquanto bebia seu sangue. Não havia muito o que se fazer com ele, Torue até poderia ficar zangado mas no fundo saberia que fiz a escolha certa entre Fentou e Miyu, pois apesar de Fentou ser seu parceiro, Miyu era sua irmã. Assim suspirando fundo, coloquei a mão sobre o peito de ambos dois para ver se estavam ainda vivos e nesse momento ambos começaram a acordar - Vocês estão bem? Ainda são vocês? - disse em tom calmo para que pudessem ouvir - Eu matei momoi, não sei se isso libertaria o selo, seus corpos estão pesados devido a meu jutsu de gravidade, pois não sei se são ou não vocês mesmos. -

Doton: Kajūgan no Jutsu - Ativo em Torue e Miyu.
Rank: B
Descrição: Uma técnica que aumenta a gravidade alvos. A mobilidade do inimigo se torna maçante, como a pessoa é esmagado pela gravidade. Usando uma região desértica a sua vantagem, o usuário pode facilmente enterrar o inimigo vivo, submergindo-os na areia. Quando esta técnica é aplicada ao utilizador que diminui a sua velocidade, mas o aumento de peso melhora drasticamente a sua força. Este método torna possível, mesmo para uma pessoa fraca para conseguir um hit devastador.



Hp: 1090/1090
Ch: 1565/690

BOLSA DE ARMAS¹ (20)

Kunai: 04
Shuriken: 05
Kibaku fuuda: 3
Fuuma Shuriken: 01
Kemuridama: 03
Hikaridama: 02

BOLSA DE ARMAS² (20)

Kunai: 08
Kibaku Fuda: 05
Hyōrōgan: 01
Kemuridama: 05




_______________________

Ficha
avatar
Bakuha Butai|Anbu
Bakuha Butai|Anbu
Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Dom 25 Mar - 23:43










- Destino -




  O ritual era finalizado. Pelos curtos momentos em que o mesmo foi executado, pôde se perceber voltando para as suas verdadeiras origens. Toda essa aventura, talvez, tenha mostrado que há diversos caminhos... e bifurcações na vida de um ninja. Talvez, porventura, tenha mostrado que há escolhas que nem sempre englobam aquilo que acreditamos. Foi uma jornada que, de certa forma, mostrou o outro lado do mundo. O lado da luz.
  Ainda assim... Esse não era Malick. Ele sabia disso. Não importa o quanto se distanciasse do caminho, sempre voltaria para a estrada retilínea que o guiava para um só destino: Jashin. Não importa o quanto pisasse dentro dos domínios da luz, seu destino sempre seria nas trevas. O sangue que escorria de suas mãos... a sensação fria do líquido se locomovendo pela pele dava-o certeza desse fato.

  Torue finalmente acordava, seguido de Miyu. Assim que percebeu que o jutsu já não estava mais afetando-os, desfez a gravidade extra. O ninja se levantou, olhando ao redor. Você fez o mesmo. Em meio à toda a poeira e destruição, dois corpos podiam ser vistos: Momoi... e Fentou. Era um campo de batalha... um fim de guerra. Com certeza o animal morrera tentando derrotar um mal maior. O homem não disse nada. Ajeitou um par de óculos imaginário em seu rosto e ergueu a mão até você.
  Sua mão estava firme, esperando que a sua a apertasse. Era quase como um selo, uma aliança, indicando que chegara o fim. Hesitou ao ver pequenas gotas de água caindo no braço dele. Ao erguer os olhos, viu-o... chorando. Aquela foi a primeira vez que viu Torue chorar. Em todas as situações até então, havia se mostrado firme e solene, não importando a gravidade. No entanto, na mais serene e pacífica das situações, aonde tudo parecia finalmente ter chegado a uma conclusão, foi quando seu espírito, enfim, se abalou. Com o fim do aperto, o homem pegou o corpo do animal e sinalizou para a irmã para irem embora.
  No caminho, porém, se virou. Encarou-o nos olhos. Torue não era um idiota, ou ingênuo. Sentia a aura que voltava a emanar de seu corpo. Sabia o caminho que você estava voltando a trilhar. Era um contato profundo. Apenas com um olhar, você já entendia completamente a mensagem que ele tentava passar. "Parece que você escolheu o seu caminho." - ...Mas, ainda assim, sorriu. Aquilo, no fim, não era da conta dele. O que fizeram foi um selo entre homens, uma aliança. Independente do alinhamento de cada um, você sabia que criara um laço independente de relações. Um laço que não era amizade, ou amor. Algo diferente... talvez, até mesmo mais forte.

  Enquanto o ninja sumia no horizonte, a pequena menina voltava até você. Não havia tido contato dessa maneira com ela desde dois dias atrás. Os poucos momentos que compartilhou com ela foram, talvez, um dos mais confusos que já vivenciou. Tanto para você, quanto para ela. Sentia que, por dentro, ambos eram iguais... no entanto, mesmo tendo o mesmo espírito, estavam em estradas completamente distintas. No fundo, você percebia que ela também sabia disso. "Você... é um jashinista, não é?" - Disse, indiferente. "Eu sei um pouco... sobre isso." - Silêncio por alguns segundos. A menina lentamente levou a mão até dentro do corpo, que se desfazia em uma gosma negra. De dentro, pegou um pequeno artefato. "Não sei o que pensar de você... às vezes tenho medo... às vezes... bom..." - Colocou o objeto na sua mão. "Nossa família... também era... Jashinista. Isso foi há muito tempo. Mas... como agora tudo acabou... quero que fique com isso." - Sua voz não soava alegre, ou triste. Talvez não por falta de sentimentos, mas simplesmente por não saber como soar.

  Depois que ambos desapareceram entre as rochas, enfim, ficou sozinho mais uma vez. Voltara, finalmente, para onde havia começado, como um ciclo. Talvez disso que fosse feita a vida de um shinobi. Voltas... voltas e voltas. Inúmeras bifurcações aonde sempre saberia qual era o fim da linha. Uma trilha cujo único propósito era chegar no fim, por chegar no fim. Malick talvez tivesse consciência disso. Talvez tivesse consciência de onde terminaria quando iniciou essa missão. Talvez soubesse que, no fim, sempre retornaria para o mesmo lugar. Mas, o certo era que, na vida, Malick sabia bem de duas coisas: Jashin, e que, para tudo, a resposta era sempre a mesma: foda-se.


 
Considerações:
 
Objeto que a Miyu te deu.
É idêntico ao brinquedo de gatinho que o Torue usou no treinamento. Só que esse é amarelo e tem um símbolo de Jashin como ornamento.



Último post teu pra finalizar.
Nois

post 40/40~∞
 
avatar
Nukenin B
Nukenin B
Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Seg 26 Mar - 16:50






- Soneto 82.-

Sentimentos ao vento..



Havia terminado... Todas as coisas do mundo um dia chegariam ao fim e isso era obvio, até mesmo para um seguidor de Jashin como eu. Se há muito sofrimento, também há sempre alegria e vice-versa. Até estas lindas flores algum dia irão murchar e todas as coisas vivas deste mundo não param nem por um momento. Estão sempre se movendo e mudando, esse é o maior prazer existente, a vida das pessoas é igual.

Mas, se a morte certa espera por todos, não é a tristeza que deveria controlar a vida de todos? Enquanto se vive, não importa quantas vezes tente se alivar do sofrimento, ou quantas vezes buscam por amor e alegria e, a morte sempre acaba com tudo. Se é assim, para que um homem nasce? Não podemos fingir que não existe a morte, completa e eterna. Apertei a mão de Torue Apertei a mão de Torue de forma firme, até ver as lagrimas do mesmo escorrerem - Apenas não se esqueça de uma coisa: A morte não é o fim de tudo, a morte é o passo que leva à vida seguinte. A morte não é algo definitivo. No passado todos aqueles que nasceram neste mundo, mas foram chamados de santos, todos puderam superar a morte, se entender isso se tornará o homem mais perto de Jashin. - As flores nascem e depois murcham... as estrelas brilham, mas algum dia se extinguem.... comparado com isso, a vida do homem não é nada mais do que um simples piscar de olhos, um breve momento. Nesse pouco tempo, as pessoas nascem, riem, choram, lutam, são feridas, sentem alegria, tristeza, odeiam alguém, amam alguém.

Torue soltou minha mão e enrolou o corpo de Fentou em bandagens brancas que tirou da bolsa, admirei por um instante o modo que ele cuidava do corpo morto de seu amigo, não podia demonstrar nenhuma emoção para não parecer fraco, ele se virou e chamou Miyu para ir embora, não via mais o olhar de odio e rancor nos olhos dela, eram puros e belos... No final das constas o pouco que tínhamos em comum poderia ter sumido por completo e por causa disso... Meu coração havia pedido para que eu a deixa-se ir... Ambos dois iam sumindo no horizonte quando me virei e murmurei baixo e sorri com uma pequena lagrima escorrida do rosto, ja podia demonstrar emoções de fato - Miyu - e fui interrompido pela voz da moça que estava muito perto de mim.

Ela disse algumas coisas sobre sua família e me entregou um pequeno objeto de sua família - Você acredita em milagres? - Perguntei a ela e ela apenas fez um sinal com a cabeça e continuou me olhando, assim levantei sua blusa e coloquei o boneco contra seu peito e fechei os olhos emanando pouco de chakra que ainda me restava e todas as cicatrizes causadas por mim e Momoi a ela foram sumindo, inclusive a falta do Mamilo que eu havia arrancado ela demonstrou surpresa e deu um pequeno sorriso, Torue olhava de longe e arrumava os óculos imaginários no rosto como se pensasse ~ ele esta vendo os peitos da minha irma de novo ~ Assim, Miyu se virou para ir embora e utilizei minha velocidade debilitada e apareci na frente da moça e coloquei os dedos em sua testa e empurrei levemente, ela se assustou e até Torue se moveu um pouco em sinal de ataque, segurei seu rosto de forma leve - Miyu - foram minhas ultimas palavras antes de beija-la, o beijo durou mais ou menos um minuto até eu parar e sumir, porem, foi tempo suficiente para deixar um bilhete com minha localização em seu bolso, assim escondido em meio as arvores, via Torue e Miyu voltando ao vilarejo de sua família. Transformei o objeto que Miyu havia me dado em um pingente e assim me coloquei na Rota de volta a Iwa - Foda-se - Foram minhas ultimas palavras.




Hp: 1090/1090
Ch: 1565/690

BOLSA DE ARMAS¹ (20)

Kunai: 04
Shuriken: 05
Kibaku fuuda: 3
Fuuma Shuriken: 01
Kemuridama: 03
Hikaridama: 02

BOLSA DE ARMAS² (20)

Kunai: 08
Kibaku Fuda: 05
Hyōrōgan: 01
Kemuridama: 05




_______________________

Ficha
avatar
Bakuha Butai|Anbu
Bakuha Butai|Anbu
Re: [RP - CRO] - Rastros de Sangue - em Seg 26 Mar - 22:25



@Rp Concluído

Premiações:

Perito Elemental (2) - Jinton
Mestre Elemental (3) - Jinton
Especialidade em Kekkei Genkai
Tecnólogo (3)
Duas missões Rank S

Obrigado por jogar! xD
avatar
Nukenin B
Nukenin B

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

resposta rápida

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum