Os Imortais
Okina conseguiu destruir Sunagakure, tornando o vilarejo um só com as suas origens, as areias profundas do deserto. O mesmo aconteceu em Kirigakure no Sato, onde a entidade afundou a vila no oceano que o cercava. Porém, ao tentar acabar com Konoha, a inimiga da humanidade falhou sendo impedida pelos novos salvadores do mundo. Abençoados por Hagoromo, os ninjas Mako e Mordred conseguiram selar a adversária criando uma segunda lua pairando sobre o planeta. Passadas algumas semanas, uma seita antiga se reuniu procurando o local onde poderiam ressuscitar Jashin, um deus antigo. Liderados por uma mulher capaz de ouvir a voz do deus, os seguidores subiram a Cordilheira dos Deuses e encontraram uma rocha cheia de selamentos frágeis e acabaram assim liberando um novo inimigo que se diz ter muitos nomes: Kami-sama, Jashin-sama e Shaka-sama. A nova divindade absorveu os poderes da lua onde Okina foi selada e transformou-se totalmente, porém, uma quantidade estranha de chakra vazou e espalhou-se no planeta inteiro.O novo inimigo da humanidade marcou três vilarejos: Konoha, Iwa e Kumo. Mas quais são seus verdadeiros planos? E quem é a pessoa que despertou depois de muitos anos?
.
.
.
.
.
Últimos assuntos
» [Treinamento] Dividindo Dons
Hoje à(s) 22:57 por Yagami

» [ Bolão - 18/06 ] Vem Hexa!
Hoje à(s) 22:54 por Asuka Kudou

» [ Bolão - 19/06 ] Vem Hexa!
Hoje à(s) 22:53 por Victor151

» [ Bolão - 23/06 ] Vem Hexa!
Hoje à(s) 22:53 por Olsen

» [TREINO] 戦う Tatakau
Hoje à(s) 22:52 por Hipátia

» 1) Solicitações de Roleplay (Plotting)
Hoje à(s) 22:51 por gamabuga

» [Fillers] Omoi
Hoje à(s) 22:51 por DelRey

» [ Bolão - 22/06 ] O Hexa é real!
Hoje à(s) 22:51 por Olsen

» 3) Solicitações de Avaliação
Hoje à(s) 22:51 por DelRey

» [Ficha] Rendri (em construção)
Hoje à(s) 22:49 por Rendri


Convidado


Dom 17 Jun - 22:58
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações

<

MISSÕES RANK D - MS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

MISSÕES RANK D - MS - em Dom 9 Out - 16:31

☾ atlas ☽
You are not perfect, you make mistakes and gets stronger because of them. I believe this is the real strength.




MISSÃO:
Reformas da Vila
Descrição: Desde o último ataque, a vila está sendo reconstruída, e você como um jovem ninja deve colaborar! Sua missão é pintar muros e cercas por toda a vila!

O dia havia começado cedo e depois que meu pai me obrigou a tomar café da manhã, corri para o centro da vila a fim de pegar minha missão de hoje. A vida como gennin, por mais simples ainda que fosse, ao menos para mim, era bem atarefada. Por meu nível, apenas recebo missões RANK D ou C, algumas realmente muito simples, mas todas singelas para minha vila e eu tinha orgulho em ajudar.

Entrei no Centro da Vila cumprimentando alguns ninjas que passavam por lá e me dirigi ao quadro de missões, onde um dos Jonins responsáveis me passou a de hoje. Abri o pergaminho e li para mim mesma: “Reformas da Vila”.

Balancei a cabeça, um tanto quanto decepcionada, mas havia criado um lema para mim mesma no dia em que recebi minha bandana: seja o que for, fazer o melhor e o impossível para ser bem feito.

Fui até o local onde estavam distribuindo os materiais, precisava de algumas latas de tinta e os pincéis. – Olha, uma gennin iniciante e cheia de vitalidade para nos ajudar a reconstruir nossa querida vila! – falou o senhor, enquanto buscava os pincéis.

- Sim! – disse simplesmente sorrindo. Eu tomei um pequeno susto com sua amigável conversa, eu era tímida o bastante para não saber exatamente o que responder, mas estava controlada para não sair correndo. Desde que saí da academia as interações aumentaram, agora sou uma ninja e vez ou outra alguém vem até mim precisando de algo, então estava começando a me acostumar um pouco. Peguei tudo o que precisava e a lista dos lugares, saindo para minha missão.

Coloquei tudo em um carrinho e caminhei para o primeiro lugar. Ao chegar ao ponto indicado, sem muita expressão observei o tamanho do muro, enorme, aliás, suspirei e me preparei para iniciar. “Carneiro, cobra, tigre” – Bunshin no Jutsu! – falei rapidamente, depois de ter realizado os selos, assim a meu lado apareceu um clone idêntico a mim; dei-lhe o material necessário e começamos a trabalhar em silêncio.

Depois daquele terminado, já que trabalhei em dupla levei metade do tempo que levaria sozinha, fui para os outros locais. Os outros eram muros de lojas, cercas de templos e inclusive os muros da academia, também altos, então usei novamente a técnica de Bunshin. Faltava apenas um local, que era a cerca mais distante do lado sul da aldeia. O sol já estava começando a abaixar – agradeci por meu pai ter mandado alguns bolinhos, serviu como almoço – então, me encaminhei para lá.

Corri o mais rápido que pude, levando o carrinho arrastada e cheguei rapidamente. A cerca era baixa, mas extensa em comprimento, então continuei trabalhando. Minhas mãos estavam sujas de tinta branca, assim como meu rosto e roupa, enquanto trabalhava debatia internamente em como tirar a tinta de minha roupa. Depois de passar duas mãos da substância na cerca, me sentei e abri o canteiro de água que havia trazido na cintura, tomando um bom gole. Não foi uma missão extremamente cansativa, mas o sol havia castigado um pouco minha pele.

Guardei tudo no carrinho novamente, limpei um pouco da tinta do rosto e me encaminhei novamente para o centro da Vila, porém, desta vez caminhei com mais calma. Passei por diversos lugares que não passava há bastante tempo, como a loja de panos que meu pai adora, quase parei para comprar um para ele, mas me lembrei que estava zerada essa semana. Apertei o passo na parte final e cheguei em seguida, ajudei a guardar os materiais usados, lavando todos os pincéis antes de entregar e deixei o relatório dos locais com os seus respectivos “oks” – afirmando que os havia feito. Fiz uma leve referência e sai novamente para o sol da tarde, me encaminhando para casa.

INFORMAÇÕES:
HP: 200 | CH: 250 | VEL: 6m/s | SELOS: 2s/s
JUTSU USADO:
Bunshin no Jutsu
Rank: E | custo em chakra: 00 & dano realizado: 00
Selos: Carneiro, Cobra e Tigre.
Descrição: Um ninjutsu que cria uma cópia intangível de seu próprio corpo, sem qualquer substância. Uma vez que o clone em si não tem a capacidade de ataque, e, assim, só pode ser usado para confundir o inimigo, que é usado principalmente em combinação com outros ninjutsu. É uma técnica básica, mas dependendo de uma engenho, ela pode ser utilizada de forma eficaz. Os clones se dissiparam quando entram em contato com algo.





Farei o meu melhor e até o impossível para que as coisas sejam feitas bem. O impossível começa onde acaba o seu esforço: é esse o segredo sobre acreditar. Eu não desistirei, enquanto eu aguentar e depois que não aguentar mais, eu começo de novo.





_______________________

IRONBORN
Ficha
avatar
Re: MISSÕES RANK D - MS - em Dom 9 Out - 17:04

Aprovado.
avatar
Re: MISSÕES RANK D - MS - em Dom 9 Out - 19:24

☾ atlas ☽
You are not perfect, you make mistakes and gets stronger because of them. I believe this is the real strength.




MISSÃO:
Floricultura da Vila
Descrição: A garota que cuida da floricultura agora é uma Kunoichi (ninja) médica muito atarefada, sua missão é cuidar da Floricultura enquanto ela está fora! Se tem alergias a flores, use uma máscara!
Ao acordar, me levantei assustada, eu havia tido um pesadelo horrível e mesmo não me lembrando dos detalhes, eu ainda sentia o medo e minha respiração estava entrecortada. Após um banho, me troquei e desci para a cozinha. Preparei o café da manhã em silêncio, tomando uma boa xícara de café, antes de sair para a Vila.

Ajeitei meu cabelo ainda molhado, alisando e tirando alguns nós, enquanto caminhava em silêncio para o Centro de Recebimento de Missões. Era muito cedo e com certeza seria a primeira lá, então não tive tanta pressa. Eu não havia visto meu pai chegar à noite, o trabalho dos Ninjas Médicos é algo difícil e que exige muito do ninja, por isso ele sempre chegava tarde, mesmo sem estar em missão.

Entrei no local e fui até a sala certa, recebendo minha missão e agradecendo. Ao sair, abri o pergaminho e li: - Floricultura da Vila. A moça que cuida da floricultura agora é uma kunoichi médica, sabia, pois meu pai havia comentado algo e ela havia solicitado alguém para cuidar do estabelecimento, enquanto trabalha.

Meu coração bateu um tanto descompassado, sabendo que teria de lidar com pessoas diferentes o dia todo. Soltei um suspiro profundo, tentamento me acalmar de antemão e me encaminhei para o local.

Ao chegar à porta, bati levemente e logo fui atendida. – Óh, Myia, eu sei que acabou de se tornar gennin, mas não esperava que fosse você enviada! – disse a moça me reconhecendo, ela já estava vestida de acordo seu escalão – Eu trabalho com seu pai, por isso te conheço, além do que esses seus cabelos são muito reconhecidos.

- Olá! – disse baixinho, tentando controlar o nervosismo, mas deixei escapar pela minha voz – Bom, é. Hoje eu sou a responsável por aqui, vou cuidar bem de tudo! – falei dando um sorriso sincero.

- Eu sei disso! – ela falou sorrindo e me convidou a entrar. Mostrou-me a loja rapidamente, além de dar algumas considerações como a respeito do caixa e algumas tarefas que deviam ser feitas. Assim que ela saiu, olhei para o relógio e percebi que tinha meia hora antes da abertura do estabelecimento.

Fui até os fundos e peguei uma vassoura para limpar o chão; depois, enchi todos os regadores e os deixei a postos para molhar e cuidar das plantas como ela havia me dito. Algumas precisavam de água três vezes por dia, outras apenas agora pela manhã, mas em maior quantidade. Além disso, também ajeitei as entradas de luz pelos sombrites, já que algumas precisavam de muita luz.

Olhei novamente para o relógio e sorri aliviada ao perceber que estava na hora de abrir, então fui até a grande porta e a destranquei, mudando a plaquinha de “fechado” para “aberto”. Coloquei algumas bancadas de flores ao lado de fora, ajeitei uma mesinha e duas cadeiras também e voltei para o caixa, arrumando a registradora marcando o dia e hora de inicio; depois peguei um pano e fui para os vidros laterais limpá-los.

Estava absorta em minha atividade quando ouço o sininho da porta sendo aberta, então desci do banco que usava e corri para a entrada. Um homem jovem estava observando algumas flores, quando me aproximei. – Posso ajudar? – perguntei raspando o fundo da garganta, enquanto minhas mãos giravam no avental que havia colocado mais cedo.

- Olá! Eu gostaria de comprar um arranjo para minha esposa – disse ele observando as flores – Acho que gostaria de uma dúzia dessas rosas.

- Claro! – respondi prontamente. Com muito cuidado, cortei as flores e as ajeitei num maço, depois fui ao fundo da loja e coloquei um lindo adorno com um papel delicado. Voltei até o caixa e entreguei o arranjo ao homem que me pagou, agradeci educadamente e ele deixou a loja sorrindo. Guardei o dinheiro e voltei as minhas atividades; durante toda a manhã varias pessoas apareceram para comprar arranjos para suas esposas e mães, depois uma menina veio comprar uma linda flor para seu sensei.

No horário do almoço, fechei a loja e corri para minha casa. Ao chegar, meu pai estava cozinhando e com um sorriso enorme no rosto, provavelmente já sabendo de minha missão.

- Como está sendo seu dia? – perguntou ele colocando um prato de lámen em minha frente na mesa.

- Bom! – disse agradecendo e começando a comer.

- Animada com a vida gennin? – falou mais uma vez.

Eu dei um riso fraco, sabia que estava curioso sobre as missões e como estava sendo tudo, além de curioso ele era extremamente preocupado e imagino como será quando começar a fazer missões mais perigosas. – Só hoje tive de lutar com vários vidros sujos e um narciso que não queria ficar no local.

Ele estalou os olhos e relaxou quando entendeu o sarcasmo, rindo em sinal de divertimento. Assim que almocei, voltei para a loja e a abri novamente. Fiz uma nova ronda de molhagem e limpeza, preparei três novos vasos e plantei novas flores, às três horas o caminhão de esterco chegou e ajudei o senhor a descarregar tudo no fundo da loja. – Você é uma moça bem fortinha, né? – ele falou com um olhar estranho, enquanto eu o pagava dei um sorriso e agradeci, ficando sozinha novamente.

Quando o expediente acabou, recolhi tudo o que estava fora da loja, ajeitei as coisas nos lugares, reguei as plantas que precisavam novamente e fechei o caixa, contando o dinheiro e colocando junto com as notas no envelope embaixo do balcão.

A dona chegou nesse momento e sorriu agradecida, assinando o pergaminho da minha missão. – Espere, leve esse narciso como agradecimento! – disse ela. Eu sorri, me curvei agradecida e sai em direção ao centro da Vila com a delicada flor nas mãos.

O dia havia passado realmente depressa e quando dei por mim já era tarde. Cheguei ao local de entrega das missões e deixei lá o relatório e pergaminho da missão, agradeci e voltei para casa apressada, hoje é meu dia de fazer o jantar e precisava ajeitar um vaso para meu novo presente.

INFORMAÇÕES:
HP: 200 | CH: 250 | VEL: 6m/s | SELOS: 2s/s





Farei o meu melhor e até o impossível para que as coisas sejam feitas bem. O impossível começa onde acaba o seu esforço: é esse o segredo sobre acreditar. Eu não desistirei, enquanto aguentar e depois que não aguentar mais, eu começo de novo.

 




_______________________

IRONBORN
Ficha
avatar
Re: MISSÕES RANK D - MS - em Dom 9 Out - 19:42

Aprovado.
avatar

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

resposta rápida

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum