Naruto RPG Akatsuki
Olá visitante, registre-se em nosso fórum e venha fazer parte desde mundo mágico de Naruto, sim, seja um Ninja! Veja no vídeo abaixo os primeiros passos para fazer parte deste mundo após o seu cadastro!


Convidado


Sex 21 Jul - 9:42
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações
Tema novo!
Meta: 400,00 R$ Recebido: 70,00 R$
00%
compre Seus AGs Pelo Pag Seguro e Paypal
UPDATES!
18.07.2017 — Karma aqui passando para avisar que a área de Regras & Tutoriais sofrerá uma reorganização onde alguns tópicos serão fundidos e outros mudados de posição, melhorando também os textos das regras procurando remover furos e melhorando o entendimento dos usuários.
ESTAÇÕES & EVENTOS
Ano: 07
Primavera:
12/07 -- 03/08
Verão: 04/08 -- 26/08
Outono: 27/08 -- 19/10
Inverno: 20/10 -- 13/11






Últimos assuntos

» kazeee
por Simon Hoje à(s) 9:41

» 08. Lista & Organização de Bijuus & Células
por Simon Hoje à(s) 9:35

» [Q] Caminho de Ouro: Shirotsuki.
por Ainz Hoje à(s) 9:31

» 07. Organização de Contas Duplas
por shirotsuki Hoje à(s) 9:31

» [c.j] me
por Ainz Hoje à(s) 9:23

» Missão Rank D - Gesso II
por Gesso Hoje à(s) 9:14

» [Missão B] Ainz
por Ainz Hoje à(s) 9:06

» [Mudanças] Kaduo Ranton
por shirotsuki Hoje à(s) 9:00

» [Quest] Tenzou
por Tenzou Hoje à(s) 8:45

» [Criação J.] Shieda Gesso
por Gesso Hoje à(s) 8:39

Procurados
Procurados RPG Akat


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

The Path of Wisdom

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 The Path of Wisdom em Seg 9 Maio - 17:44

Ayura

avatar
Jounnin
Jounnin
Inteligência Aguçada (3)
Tipo: Treinável
Descrição: Alguns personagens são considerados verdadeiros gênios em seus respectivos campos, mas somente aqueles com cérebros anormais podem ser realmente chamados assim. Eles possuem uma inteligência avantajada perante os outros e por isso conseguem realizar feitos incríveis usando somente a mente.
Bonificações: Acréscimo de 1 Ponto em Inteligência.

Perto da vila e num campo onde um rio fluía em sua plenitude à esquerda de mim, eu aguardava em silêncio, sentado numa rocha qualquer. Nesse momento, eu estava indagando sobre o que era necessário para me tornar mais inteligente e menos taciturno, enquanto isso, shinobis conterrâneos faziam sua passagem por ali. Como genin, eu deveria procurar alguém mais experiente para me ensinar o caminho da sabedoria.


Armas:
Kunai: x8
Shuriken: x2
Fuuma Shuriken: x1
Kibaku Fuuda: x8
Kemuridama: x2
Hikaridama: x1
Fios: 20m


Feitan HP 235/235 CK 250/250

Ver perfil do usuário

2 Re: The Path of Wisdom em Seg 9 Maio - 18:12

Balzac

avatar
Gennin
Gennin
Um ninja muito velho - era incrivelmente singular o fato de ainda está cumprindo missões - andava pelos campos esverdeados onde diversos ninjas iniciantes treinavam  para um maior desenvolvimento físico, assim adquirindo mais recursos na hora da batalha, um senhor, porém, não concordava com isso e andava sempre em busca de pessoas que quisessem desenvolver uma maior habilidade nas que ele nomeava como "intelectuais"

Parece que nenhum ninja aqui se preocupa com a mente... Jovens, tolos desde que os velhos existem - deixou os olhos serrados e deu uma risada alegre HAHAHA - viu então um jovem com semblante pensador, achou o garoto com a aparência um tanto estranha - o velho também era esquisito vestia uma roupa larga rosa, tanto sua calça como a blusa, e com estampas muito floridas.

desculpe-me se te interrompo, é que vejo você estático e gostaria de saber o que busca nas veredas desses campos ?

Ver perfil do usuário

3 Re: The Path of Wisdom em Seg 9 Maio - 20:49

Ayura

avatar
Jounnin
Jounnin
Neste dia inquietante de um verão benevolente, meus olhos tateavam o ambiente em busca de algo que nem mesmo eu sabia o que era. Coloquei um pirulito na boca e assisti a cena espalhafatosa de um senhor completamente rosa. Ele estava louco? Quem o daria atenção? Desviei o olhar e passei a observar os pequenos animais que saltavam fora do rio. Peixes, lampreias, o que quer que sejam nunca me abriu muito o apetite. Aquela carne era suja. De súbito, ante a minha desatenção, sou abordado pela figura em pessoa. O que eu quero? Ora, pois.

Com um pequeno pulo e um bater de mãos nas roupas – a fim de tirar um pouco da poeira que sempre se acumula, ao mesmo no sentido figurado – levantei-me e disse-lhe: "Busco uma mente mais afiada e um pensamento forte." Ainda ingênuo como com a idade que me encontrava, virei-me para ir embora enquanto completava o discurso:

– Não acredito que você possa me ajudar – em verdade vos digo que eu estava sendo tanto irônico, quanto verdadeiro. Acreditava, porém, que a inteligência andava junto com a discrição. Não poderia estar mais errado, não?

-

  • Espero que o RP seja aceito. Não dava pra só dizer ''QUERO!!!" com uma ficha que eu tenho. djisaojsioa


Armas:
Kunai: x8
Shuriken: x2
Fuuma Shuriken: x1
Kibaku Fuuda: x8
Kemuridama: x2
Hikaridama: x1
Fios: 20m


Feitan HP 235/235 CK 250/250

Ver perfil do usuário

4 Re: The Path of Wisdom em Qua 11 Maio - 21:56

Convidado

avatar
Convidado


— Não deixas de estar errado, ninho.  — Sorriu o idoso, com os olhos semicerrados e as mãos para trás do corpo e os ombros caídos. O ancião, embora infimamente ofendido com a sentença do rapaz, pouco mostrou abater — Embora, deva dizer que o mais sábio é aquele que não se permite macular pela arrogância, concorda? — Indagou, sentando-se em posição de lótus em frente ao garoto. A voz falha e a expressão cansada lhe denotavam uma idade próxima aos cem anos, o que era um equívoco, pois faria sua segunda centena no próximo solstício.

— Conte-me sua história, pequeno. Lhe prometo que ao fim desta conversa, terás toda a sabedoria que almejas. — Mesmo que em pausas demoradas, disse. Velho, não obsoleto.

5 Re: The Path of Wisdom em Qui 12 Maio - 13:24

Ayura

avatar
Jounnin
Jounnin
— A arrogância é a resiliência dos determinados — disse-lhe enquanto contornava meu corpo em sua direção. Em minha etérea concepção, o homem passara de um estúpido para um resiliente. Isso mesmo. Em discordar tão vilmente de mim e apresentar um ponto de vista tão unilateral, ele se tornou aquilo que eu acabei de pregar. Arrogante? De súbito, passei a gostar um pouco dele, conferindo-o a possibilidade de prolongar o discurso. Meu rosto se abrandou em calma e suas palavras seguintes me tiraram do transe.

— Conte-me sua história, pequeno. Lhe prometo que ao fim desta conversa, terás toda a sabedoria que almejas — sua expressão benevolente e pausada me passara um estado de espírito adequado para me sentir cativado a falar ou dar a atenção devida. Assim, sabendo que ele esperaria, descasquei algumas balas açucaradas e as mastiguei, também pausadamente, deliberando sobre como introduzir as palavras; de olhos fechados, tornei a abri-los junto à boca:

— Sempre vivi sozinho, e da solidão faço minha força, embora sempre desejasse que isso terminasse num passo de mágica — nesse instante, meus olhos se contorceram ao se fechar e abrir momentaneamente —, mas não acredito em mágica. Fiz todo tipo de coisa para me manter vivo e acima da pobreza, inclusive coisas que não me vanglorio, no entanto busco a sabedoria agora. Um caminho para fora de tudo isso. Transcender.

Ao finalizar a história, minha expressão indagativa se fizera presente, em seguida, para que ele compreendesse a deixa. Haveria de confiar que não fiz papel de trouxa perante o senhor.


  • ---


Armas:
Kunai: x8
Shuriken: x2
Fuuma Shuriken: x1
Kibaku Fuuda: x8
Kemuridama: x2
Hikaridama: x1
Fios: 20m


Feitan HP 235/235 CK 250/250

Ver perfil do usuário

6 Re: The Path of Wisdom em Sex 13 Maio - 11:36

Convidado

avatar
Convidado


O senhor parecia intrigado com o rapaz, como se ele fosse um espécime raro a ser estudado e compreendido. Sua tolice, embora divertida, lhe causava certa agonia e espanto, como se fosse incapaz de compreender a extensão da ignorância alheia. Oras! Algo que nem mesmo eu posso compreender? Indagou em devaneios, perplexo.

— Meu querido, conheceste tu a solidão e a transformara em força. Porque diferencias mágica deste ato? Convertera a própria essência da tristeza! — Explicou o sábio. Para ele, as ideias e pensamentos do ser humano eram a maior prova da existência da "magia" — Queres transcender através do conhecimento, mas já possui o conhecimento em ti. Basta acessá-lo! — O senhor levantou-se, tateando as roupas. Levou a mão a sua bolsa e dela trouxe um livro. Folheou as páginas, até encontrar uma específica e entregou ao genin — Esta é uma fábula muito antiga. Chama-se A menina e seu primeiro pote de leite. Leia-o. — E assim foi embora.
Spoiler:
Narre uma reflexão sobre a pequena fábula e um timeskip de um dia.

7 Re: The Path of Wisdom em Sex 13 Maio - 15:34

Ayura

avatar
Jounnin
Jounnin
''A essência da tristeza'' pensei. Repeti algumas vezes a frase na minha mente e cheguei a conclusão que, sem dúvidas, o velho tinha razão. A tristeza traz sofrimento e desânimo e, no entanto, eu pude convertê-la em força para seguir em frente nessa vida árdua. Mas, não consegui compreender quando ele disse, de todo, que o conhecimento já estava em mim. Eu me julgava inteligente e perspicaz, no entanto sou a última pessoa que poderia fazer esse tipo de decisão; sempre tive a mente leviana, e era desse modo que o destino implicava minha falta de sabedoria. Assim, o prosseguimento da conversa se deu com o velho buscando um livro de sua bolsa.

Ao folhear, ordenou-me que lesse uma fábula. Minha linguagem pra leitura não era tão sofisticada, porém os escritos eram extremamente simples e curtos. Instantes depois, a moral da história invadiu meus olhos e obtive um relance de informação aproveitada — eu deveria ser mais calmo e buscar um passo de cada vez. Talvez a verdadeira sabedoria pudesse ser alcançada desse modo.

Infelizmente, quando meus olhos correram o pátio, não pude encontrar o velho para dizer-lhe com entusiasmo o que eu pensava da história. Será que nunca mais o veria? Que a missão dele já havia terminado? Retornei para minha casa a fim de descansar e averiguar meu passado, saber de que maneira poderia ter tornado minha vida atual mais significante, porém encontrei respostas imediatas e me enchi de dúvidas. Retornei, assim, para o mesmo local no outro dia na esperança de encontrá-lo e prosseguir com o que quer que estivéssemos fazendo.


  • ''A fim'' é separado mesmo. q


Armas:
Kunai: x8
Shuriken: x2
Fuuma Shuriken: x1
Kibaku Fuuda: x8
Kemuridama: x2
Hikaridama: x1
Fios: 20m


Feitan HP 235/235 CK 250/250

Ver perfil do usuário

8 Re: The Path of Wisdom em Sex 13 Maio - 18:12

Convidado

avatar
Convidado


Naquele mesmo horário e naquela mesma planície o senhor esperava, com as mesma roupa multicolorida e o mesmo olhar cansado; quase um Déjà vu. A planície coberta somente por grama agora era a base de uma enorme árvore, de tronco robusto e raízes enorme que circundava as redondezas da árvore. Acima dela, em um galho alto, o senhor descansava. Os passos apressados do genin lhe despertaram do sono profundo:

Confesso que não pensei que lhe encontraria aqui, meu pupilo. Todavia, no mais ínfimo de meu ser ainda haviam esperanças. Pois então, leu a fábula que lhe recomendei? — Indagou o senhor. Levou a mão sobre a longa barba e a desgrenhou com os dedos, enquanto fitava o rapaz.

9 Re: The Path of Wisdom em Sab 14 Maio - 10:29

Ayura

avatar
Jounnin
Jounnin

O dia parecia promissor, muito embora meu humor não estivesse tão adequado para o aprendizado. Achei que era palhaçada o senhor se vestir tão alegremente, a despeito de eu imaginá-lo muito mais inteligente naquele exato momento. Fitei-lhe um pouco, com um doce na  boca, ouvindo, em seguida, suas palavras sobre a fábula. Mentalizei o que sabia dela e pensei um pouco antes de abrir a boca.

— Absolutamente não. — meu rosto se contorcia numa risada tímida, demonstrando a obviedade da minha ironia. Por conseguinte, expliquei-lhe o oposto da minha resposta: — Devo me ater ao presente e buscar um passo de cada vez, não é? De fato, eu estava sendo muito apressado, então imagino que seja por essa razão que mandaste que eu lesse esse conto. Mas, todavia — fiz uma pequena pausa de descontentamento e ênfase nos conectivos — eu preciso de instruções que julgues serem importantes. Não sei até quando o senhor estará por aqui para me aconselhar pessoalmente, nem muito menos até quando minha paciência se mostrará firme.

Esperava não ter ofendido ele; sabia, no entanto, que a dez centímetros por dia eu nunca cruzaria a maratona que é tornar-me obstinado e perspicaz com pulso firme e coerência. Estendi a mão e ofereci um pirulito de baunilha, na esperança de que ele entendesse que eu não tentei mostrar-me apressado. Até porque, afinal, a fábula pregava o contrário da pressa. Nada de fazer muitos planos a frente.


Armas:
Kunai: x8
Shuriken: x2
Fuuma Shuriken: x1
Kibaku Fuuda: x8
Kemuridama: x2
Hikaridama: x1
Fios: 20m


Feitan HP 235/235  CK 250/250

Ver perfil do usuário

10 Re: The Path of Wisdom em Sab 14 Maio - 14:09

Convidado

avatar
Convidado


— Instruções importantes... — repetiu o senhor, em voz baixa, quase inaudível. Seus neurônios processavam as frases do rapaz e tentavam solucionar o enigma proposto, como se aquele fosse um jogo deveras interessante. Foi interrompido, todavia, pelo estranho gesto de oferecer um doce de baunilha. Analisou o doce como se fosse um objeto de pesquisa — curiosamente da mesma forma que analisara o garoto — e por fim, colocou-o na boca.

[...]

Permaneceu em silêncio durante longos minutos, intrigado com a pergunta do rapaz. Entretanto, este interesse não se refletiu em suas feições. Poderia-se dizer que ele permanecia sorrindo mesmo com o pirulito sendo degustado através da língua. Terminado o doce, jogou o pequeno canudo que servia de suporte para o doce e se virou novamente para o pupilo — Instruções importantes... a menor distância entre dois pontos é uma linha reta. Pi é igual a 3.14159265359. A energia da natureza pode ser utilizada para fins bélicos. É disto que se trata? — Apesar das respostas estranhas, o senhor não parecia debochar do genin, mas sim tentar compreende-lo.

11 Re: The Path of Wisdom em Sab 14 Maio - 21:59

Ayura

avatar
Jounnin
Jounnin
O doce foi aceito de bom agrado e seu sorriso permanecia radiante, o que definitivamente me fez ficar menos apreensivo. Entretanto, esse sentimento não durou muito. Pesarosos e arrastados minutos de silêncio transformaram um alívio, agora etéreo, em constrangimento. Era muito estranho, uma vez que esses sentimentos nunca me afligiram antes. "Esse velho deve ter algum poder sobre mim'', pensei; o que eu poderia perguntar ou afirmar para que meu pedido fosse atendido? Eu necessitava, a todo custo, de um guia. Uma silver lining. Fui retirado do meu estado contemplativo da pior forma.

O infeliz balbuciou ironias na minha cara, explicando coisas óbvias que eram ensinadas nos primeiros anos de academia. Minha raiva se transmutou num sorriso cínico e sobrancelhas retorcidas. Disse-lhe, então, transparecendo isso: — Eu não sei o que você pensa em afrontar-me assim, mas rogo que não faça pouco caso de mim — tomei uma pequena baforada de ar e continuei: "O caminho da astúcia em batalha e lúcida mentalização do ambiente. Tudo sendo exercido em prol do raciocínio para as melhores hipóteses convertidas em ações efetivas. É disso que falo, senhor. Essa é a minha concepção de inteligência, e é nela que gostaria que me ajudasse."

Sem delongas e tendo explicado o que havia pensado no dia anterior, deixei margem para ser contradito em uma nova concepção mais sóbria, esperançosamente mais efetiva. Restava aguardar a possível introspecção dele e ter uma mínima certeza que eu poderia ser ajudado.


Armas:
Kunai: x8
Shuriken: x2
Fuuma Shuriken: x1
Kibaku Fuuda: x8
Kemuridama: x2
Hikaridama: x1
Fios: 20m


Feitan HP 235/235 CK 250/250

Ver perfil do usuário

12 Re: The Path of Wisdom em Dom 15 Maio - 13:38

Convidado

avatar
Convidado


A feição sorridente do professor se desfez em uma única ventania que seguiu para o norte. Todavia, não era a Ira que invadira seu ser, mas sim a sensação de ter concluído um trabalho. Enfim pudera compreender o que incomodava o garoto e o que ele tanto almejava. Se decepcionou, entretanto, com o empenho do garoto para alcançar seus objetivos — Perdoe minha falha por compreender-te, meu pupilo. Deixei-me levar pelo lado científico da questão e pouco me importei com o que realmente era importante — Ele colocou a mão sobre o denso tronco de árvore e recitou pequenas palavras. A imensa árvore, aos poucos, tornava-se cada vez menor, até que seus pés puderam, finalmente, tocar a grama.

Diga-me, meu pupilo, o que percebeste durante toda nossa conversa? Reparaste que esta imensa árvore não estava aqui em nossa última aula? Percebeste que aquele pássaro — Elevou o braço e o indicador mirou uma espécie de tordo de pernas multicoloridas — Não pertence a este bioma em especial? A propósito, reconhece o bioma deste país? — A sessão de perguntas serviam como lições ao inexperiente genin — A astúcia que procuras está em sua capacidade de perceber os menores detalhes que o circundam. Tenho certeza que sua percepção limitou-se as minhas vestes e as minhas palavras. — O senhor caminhou para perto de seu aluno e pôs a mão sobre seus cabelos — Compreendes agora? — Indagou.

13 Re: The Path of Wisdom em Dom 15 Maio - 14:20

Ayura

avatar
Jounnin
Jounnin
Pela sua expressão, minhas palavras foram bem recebidas, o que de fato se mostrou prazeroso de observar a elucidação que ele fazia. Mas, tal sentimento durou muito pouco. Minha boca ficara entreaberta e meus olhos, vidrados. A árvore diminuía de tamanho conforme os segundos saltavam. Que tipo de ninjutsu era esse? Uma linhagem avançada? Tudo que eu sabia na vida, a respeito de jutsus, envolvia fuuton, sendo coisas bastante simples. Tão simples que fui tomado pela contemplação ao apreciar aquela cena. Esperando que ele fosse me ensinar poderosas armas de combate, o velho senhor recomeçou com suas palavras para a minha completa negação.

Ante sua segunda pergunta, neguei com a cabeça. E novamente neguei sobre as coisas seguintes. Nesse instante, estava percebendo o quão tolo eu era. Os pequenos detalhes fazem toda a diferença numa escala mais ampla das batalhas da vida. Seria isso o que me faltava? As últimas palavras do idoso se mostraram completamente verdadeiras, o que me obrigou a tentar desesperadamente negar: — S-sim, notei. Isso realmente importa? — a feição desconsertante certamente demonstrava uma vergonha passageira.

Entretanto, pouco depois de dizer-lhe isso, não tardou para que eu me colocasse aos seus pés e fizesse uma reverência. "Obrigado por suas valiosas dicas e seu tempo gasto em mim", não sabia se aquilo tinha parecido um final, ou se era, ou se não era. Contudo, tomei a minha própria mente como refúgio para pensar e refletir sobre nossos encontros e nossas palavras.


Armas:
Kunai: x8
Shuriken: x2
Fuuma Shuriken: x1
Kibaku Fuuda: x8
Kemuridama: x2
Hikaridama: x1
Fios: 20m


Feitan HP 235/235 CK 250/250

Ver perfil do usuário

14 Re: The Path of Wisdom em Seg 16 Maio - 13:20

Convidado

avatar
Convidado


— Creio que meu trabalho tenha se encerrado — O senhor parecia satisfeito e em um sorriso, o pequeno galho que restara da enorme árvore se aproximou, serpenteando através de sua perna. Em instantes, seu corpo fora completamente misturado ao galho, que começou a se dissolver, lentamente.


— Quase concluído, agora quero uma narração de como colocou em prática o que o velho lhe ensinou. Seja criativo.

15 Re: The Path of Wisdom em Seg 16 Maio - 14:01

Ayura

avatar
Jounnin
Jounnin
Outro misterioso ninjutsu se projetara diante de meus olhos, dissolvendo o velho junto ao galho da outrora árvore. Aquela tutoria que fora feita nos últimos dias agora estava finalizada, e, sem mais nem menos, eu estava ao relento, sem saber o que fazer para prosseguir em minha jornada. "O que eu faço agora?", murmurei com um pouco de raiva. Ao recostar-me numa grande rocha, fechei meus olhos e descansei. Estava relembrando o que eu aprendera. Bom, em suma, alguns pontos são os principais: atenção, calma, observação, detalhes e, não menos importante, um passo de cada vez — aquela fábula era tão besta e básica que era impossível esquecer .

Achando que o treinamento intelectual estava incompleto, mas finalizado, passei a andar em direção à minha casa, sem saber ao certo o que esperar do futuro. Repassei mentalmente as nossas palavras, over and over, até que finalmente atingi uma determinada rua, a poucas centenas de metros da minha casa. Nada parecia fora do normal, não fosse uma criança que chorava irremediavelmente na calçada. Tomado por um sentimento de bondade passageira, perguntei, em seguida: — Por que choras, garoto? — de imediato tomei conhecimento que seu cachorro havia sumido havia dias pelo bairro das Acácias. Era, por ironia, exatamente o caminho que fiz até chegar ali. Enevoado pelos muitos pensamentos e lembranças repentinas, disse-lhe, com um sorriso besta nos lábios: — Eu sei onde seu cachorro está. Venha.

Foi graças às ferramentas que o velho me deu que pude dar essa resposta. No caminho que percorri pude notar diversas coisas fora do lugar habitual, quase imutáveis, por assim dizer. Talvez essa imutabilidade tenha contribuído para minha percepção fraca, agora mais lisonjeira ao mundo. Um osso amarelo e mordiscado, que pisei, podia indicar que alguém alimentou recentemente um animal carnívoro. No canto esquerdo, rente ao acostamento, um bolo de pelos chamuscado e grandes, indicava sarnas ou doenças dos poros capilares, fruto de abandono ou maus tratos. Pequenas e rasas pegadas num campo de terra demonstrava a trilha de algum animal. Na verdade, eu não tinha certeza se o que vi no canto direito do olho era um gato ou um cachorro, próximo das indústrias do bairro em questão, mas haveria de procurar por ali e encontrar. Sabia, no entanto, que havia algo de estranho e que, pela primeira vez, eu notara o ambiente que eu me deslocava. Kumogakure era uma cidade bastante limpa para ter animais abandonados e rabugentos, aliás.

Embora fosse uma situação, a que entrei, bastante incomum e que eu jamais - em condições normais - faria parte, tomei aquela busca como sagrada, em retribuição à bondade do velho. Só encontramos o animal três horas depois, o que me fez amaldiçoar os quatro ventos por perder tanto tempo. Parti dali para nunca mais fazer algo parecido.


Armas:
Kunai: x8
Shuriken: x2
Fuuma Shuriken: x1
Kibaku Fuuda: x8
Kemuridama: x2
Hikaridama: x1
Fios: 20m


Feitan HP 235/235 CK 250/250

Ver perfil do usuário

16 Re: The Path of Wisdom em Seg 16 Maio - 14:29

Convidado

avatar
Convidado
Treinamento Aprovado. Qualidade aprendida.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum