Os Imortais
Okina conseguiu destruir Sunagakure, tornando o vilarejo um só com as suas origens, as areias profundas do deserto. O mesmo aconteceu em Kirigakure no Sato, onde a entidade afundou a vila no oceano que o cercava. Porém, ao tentar acabar com Konoha, a inimiga da humanidade falhou sendo impedida pelos novos salvadores do mundo. Abençoados por Hagoromo, os ninjas Mako e Mordred conseguiram selar a adversária criando uma segunda lua pairando sobre o planeta. Passadas algumas semanas, uma seita antiga se reuniu procurando o local onde poderiam ressuscitar Jashin, um deus antigo. Liderados por uma mulher capaz de ouvir a voz do deus, os seguidores subiram a Cordilheira dos Deuses e encontraram uma rocha cheia de selamentos frágeis e acabaram assim liberando um novo inimigo que se diz ter muitos nomes: Kami-sama, Jashin-sama e Shaka-sama. A nova divindade absorveu os poderes da lua onde Okina foi selada e transformou-se totalmente, porém, uma quantidade estranha de chakra vazou e espalhou-se no planeta inteiro.O novo inimigo da humanidade marcou três vilarejos: Konoha, Iwa e Kumo. Mas quais são seus verdadeiros planos? E quem é a pessoa que despertou depois de muitos anos?
.
.
.
.
.
Últimos assuntos
» [cena] Investigação - Zarmo
Hoje à(s) 08:57 por IWannaKnow

» 1) Solicitações de Roleplay (Plotting)
Hoje à(s) 08:18 por IWannaKnow

» [ HIS - Grad. & H.U ] Absorvendo Poderes
Hoje à(s) 07:58 por Olsen

» 2) Modificações de Ranks
Hoje à(s) 07:52 por DelRey

» [M. F] Utaka
Hoje à(s) 07:50 por DelRey

» [M.F] Hidey Uzumaki
Hoje à(s) 07:49 por DelRey

» [Flare - Rank B] A Arte é Magnífica
Hoje à(s) 07:32 por Olsen

» [Sugestão] Clã Kurama
Hoje à(s) 07:20 por Zarmo

» Lista & Organização de Habilidades Especiais
Hoje à(s) 05:49 por Oda

» [SOLO] O Inferno Espiral
Hoje à(s) 05:48 por Oda


Convidado


20/7/2018, 09:02
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações

<

[Treinamentos] O Lago na Névoa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Treinamentos] O Lago na Névoa - em 25/4/2016, 21:52



Kurama caminhou lentamente em direção ao seu campo de treinamento predileto, este que era localizado próximo as bordas da vila. Era um extenso campo coberto por grama saturada de água por conta do clima perpetuamente nebuloso de Kiri, contendo um lago de proporções médias em seu centro. Seus pais geralmente treinavam neste local antes de serem assassinados, e foi nele que Kurama aprendeu o Mizu no Kinobori, assim como os princípios da manipulação elemental da água, tantos anos atrás. Ele suspirou, fechando os olhos e inspirando profundamente, tentado a se perder em pensamentos. – É estranho vir aqui sozinho, depois de tudo isso... – uma imagem dolorosamente familiar foi evocada das profundezas de suas memórias, torcendo-se cruelmente sobre seu coração.

“Ne, Kurama-chan, você está ficando tão forte...”

Balançou ligeiramente a cabeça, livrando-se de pensamentos inoportunos conforme caminhava em direção ao centro do lago, – vagamente consciente de que ouvir vozes não era normal – parando no meio deste. Não era grande, mas serviria aos seus propósitos. A atmosfera saturada de água ao seu redor só lhe facilitaria no que pretendia fazer. Já vinha pensando nessa técnica havia algum tempo, mas nunca tinha tido tempo até agora, com toda sua formação básica e o exame para se tornar um genin, de realmente formulá-la. Um breve sorriso apertado adornou seus lábios, três esferas de água erguendo-se em seus pensamentos. Já havia planejado o que a técnica deveria fazer e sabia que ela não estava fora de sua liga, mesmo que fosse seu primeiro Jutsu a ser criado.

Fechou os olhos novamente, inspirando e expirando para trazer paz interna aos seus pensamentos, governando o fluxo de chakra constante ao redor de seu corpo. Criar algo como o que ele pretendia fazer exigia um certo grau de perícia na manipulação do próprio chakra e ele não achava que seria sábio fazer isso com pensamentos vadios o incomodando. Dito isso, ele começou a treinar.

Kurama passou por uma série de selos de mão em velocidade lenta, acostumando-se com o fluxo de chakra que escorria por seus braços conforme moldava a técnica no que ela deveria ser. Quando fosse dominada provavelmente nem precisaria utilizar todos os selos, graças ao seu grande controle de chakra, mas por agora se fazia necessário. Conforme sentiu o chakra escorrer através de seus membros ele imaginou a forma que o Jutsu deveria tomar: três esferas de água deveriam se erguer no ar, girando preguiçosamente ao redor de sua cintura até que elas estivessem prontas para disparar contra um inimigo. Franzindo a testa em concentração, enviou uma rajada de chakra ao redor de seu corpo, tendo terminado de realizar os selos, tentando forçar a água para que ela subisse em direção ao ar e tomasse a forma desejada.

Nada além de uma pequena ventania causada pela onda de chakra aconteceu.

- Isso vai ser mais difícil do que eu gostaria que fosse, ao que parece... – Suspirou, contendo-se para não esfregar as têmporas em leve irritação. – Nada pode domar a água, apenas guia-la. Ela é livre, e assim deve sempre permanecer. – Murmurou baixinho para si mesmo, lembrando-se das instruções de seus pais. Respirando profundamente, tentou de novo.

Algumas gotículas de água responderam ao seu chamado, agrupando-se acima do lago em um formato vagamente semelhante a uma esfera antes de se desfazerem – não é bom o bastante... – e retornarem ao solo.

Ele tentou de novo e de novo. Não desistiria até que saísse dali com um Jutsu completo em mãos, não importa o quão difícil fosse. E, lentamente ele começou a ter progresso.

Kurama esforçou-se para não exercer sua vontade sobre a água, tomando uma postura mais simples: gentilmente utilizou seu chakra para guia-la até o ar, instruindo-a para que formasse uma esfera de bom tamanho, apenas ligeiramente falha devido as gotículas de água que ainda pingavam em direção ao lago, escapando de seu chakra. Ele franziu o cenho, insatisfeito.

“Ainda não é o bastante. Nada menos do que a perfeição é inaceitável”, pensou.

Seu chakra guiou a água uma vez mais, comprimindo-a em um formato esférico e fazendo-a flutuar ao seu redor. A bolha cheia do liquido precioso rodou preguiçosamente ao redor de sua cintura, dessa vez sem sequer uma falha em sua estrutura. – “Bom. Agora, para a próxima parte...” – Guiou a esfera para que ela se comprimisse e diminuísse em tamanho, concentrando sua massa em um ponto menor e mais focado. Kurama franziu o cenho ao ver a bolha implodir, saindo do controle de seu chakra e caindo de volta para o lago. Ele não desistiu, tentando novamente. Na quarta tentativa parecia-lhe que seu chakra havia se acostumado a ser usado daquela forma, facilitando o processo de compressão. O resultado final foi uma pequena esfera de dez metros de diâmetro rodeando o seu corpo. Não era muito grande, mas lhe parecia muito capaz de causar sérios danos se usada corretamente, e da forma que ele estava pensando.

Exerceu seu controle novamente, erguendo mais duas esferas do lago e comprimindo-as até que ficassem do mesmo tamanho que a primeira. As três giravam preguiçosamente ao redor de seu corpo em uma dança rítmica e suave, assim como a água deveria ser. Imediatamente após isso elas dispararam em uma velocidade média, cada uma impactando com um dos cantos do lago e explodindo em uma rajada liquida. Kurama assentiu, satisfeito. Sabia que o alcance do Jutsu ainda era um pouco falho, mas ele pretendia melhorar isso com o tempo. – Suijin no hōken, é isso que irei lhe chamar.

Kurama; HP: 400/400 CK: 382/400
Velocidade: 06m/s.
Suiton —  Suijin no hōken (水盤:水神の奉献, Water Release: Consecration of the Water God)
Utilizador: Uzumaki Kurama
Rank: C
Classe: Ofensivo
Tipo: Ninjutsu
Alcance: 15m
Selos: Hitsuji, Tora, Uma, Saru
Duração: 3 Turnos
Descrição: Kurama desenvolveu esta técnica ao procurar uma forma de moldar seu chakra Suiton para ajudá-lo em batalha, sendo o primeiro jutsu usando o elemento criado por ele. Trata-se de uma técnica bastante simples, mas que se usada corretamente pode ser devastadora. Primeiramente o usuário da técnica deve moldar a água ao redor dele (ou cuspi-la antes de moldá-la, se necessário) para que tomem o formato de três esferas flutuantes ao redor de seu corpo. As esferas são, em seguida, comprimidas mais e mais até atingirem o tamanho concentrado de 10cm de diâmetro. O verdadeiro poder devastador por trás disso é que o impacto das esferas acaba sendo muito mais letal justamente por conta dessa compactação, tendo uma grande quantidade de "massa" atingindo um ponto só do corpo do inimigo.
O usuário pode comandar as esferas ao seu bel prazer, desde que não exceda o limite de alcance do jutsu. Caso o tente fazer, ou seja obrigado a fazê-lo, as esferas perdem o contato com o chakra sustentando-as e voltam ao seu estado normal.
Obs: O usuário gasta 10ck/turno para manter as esferas ativas e sustentadas com seu chakra, para além do custo inicial de crianção delas, após o primeiro turno.
Obs: Cada esfera causa 30 de dano ao entrar em contato com o alvo, sendo este um dano de contusão (pancada).
Obs: A velocidade das esferas é dois pontos menor que a do utilizador.
Link: Aqui

_______________________


"True, we don't have anything such as 'fate'.
It's only those who drink in ignorance and fear
and stumble over their own feet
that fall and disappear within the muddy river
known as 'fate'."

Principal: Ficha do Personagem; Banco; Criação; Treinamento;
Variado: Custos&Danos; Jutsus p/Batalha;
avatar

Ok.
Convidado
avatar
Convidado
Convidado



Kurama permitiu-se um breve sorriso ao constatar que sua primeira criação bem-sucedida havia trabalhado muito bem e até mesmo causado danos razoáveis ao solo úmido do campo de treinamento. Não era uma técnica especialmente forte e, provavelmente, nem muito difícil de se desviar, mas já era algo e ele se sentia orgulhoso de si mesmo por ter feito um bom progresso em um espaço de tempo razoavelmente curto. – Não me sinto particularmente cansado, então... – murmurou distraidamente para si mesmo, observando cuidadosamente seus arredores a procura de qualquer presença hostil – apenas para garantir – antes de caminhar lentamente de volta ao gramado.

Era um dia particularmente frio, percebeu. A queima agradável que sentia em seus ossos por conta dele era bem-vinda, distraindo sua mente de pensamentos inoportunos e mantendo-o focado no seu objetivo. Era bom, decidiu. – Vejamos... – sentou-se na grama molhada, pouco se importando com o orvalho sujando suas vestes, enquanto que gentilmente removeu alguns rolos de pergaminho de dentro de sua bolsa ninja. Eram de tamanho pequeno e sem qualquer característica marcante que os definisse, mas faziam seu trabalho e eram razoavelmente resistente ao clima úmido de Kiri, o que lhe serviria bem. Junto dos pergaminhos tomou também um pincel suave e um pequeno vidrinho de tinta infundida em chakra, o bastante para fazer vários selos sem se esgotar.

Técnicas padrões do Ninshu eram agradáveis de se usar, como o Jutsu que havia criado mais cedo, pois deixavam o Shinobi com um gosto de poder nos lábios, mas para Kurama seu amor por Fuuinjutsu era mais do que por qualquer outra arte Shinobi. Seus pais – que eles estejam em um ótimo lugar, pensou – lhe incutiram o quão versátil era a arte do selamento e quanta coisa ele poderia fazer com base nela. Isso quase o fez contrair os lábios na reminiscência de um sorriso, já tendo em mente o que queria criar. Era seu primeiro selo verdadeiro, assim como o Jutsu de água havia sido seu primeiro ninjutsu e ele pretendia que fosse algo útil e proveitoso em uma batalha.

Batalhas eram, assim como o assassinato e a coleta de informação, a vida de um Shinobi.

- Se eu associar uma matriz de quatro pontas juntamente com uma vértice elíptica para estabilizar o selamento... – Apesar de sua concentração o rosto de Kurama não se alterou. Ele permaneceu sereno e livre de qualquer emoção, assim como a face de um boneco de cera. Era perfeitamente inquietante e inadequado e, ainda sim, lhe parecia natural, tão natural quanto traçar o pincel delicadamente contra o pergaminho, criando linhas finas e padrões ininteligíveis para os desinformados na arte. O shinobi sempre se orgulhou de ter uma habilidade prodigiosa no assunto e ele pretendia provar a si mesmo que seus conhecimentos iriam valer de algo. Se apenas para que seus pais estivessem orgulhosos dele, que assim fosse. – Não, não funcionaria. Uma vértice triangular iria trabalhar melhor, por todos os meios... o ponto focal deve ser no centro do pergaminho, é claro. – Sua testa se enrugou levemente, criando rugas de estresse em seu rosto, antes de sua expressão voltar a ser perfeitamente robótica.

- O kanji para aprisionar deve ficar no norte. O kanji para água deve ficar no sul. Aprisionar a água... – Parou por alguns momentos ao olhar para o pergaminho, observando seu próprio trabalho com leve curiosidade. Era adequado o suficiente, ainda que não fosse perfeito.

“Qualquer coisa além do perfeito é inaceitável”, recitou em seus pensamentos.

- O kanji para tempo... – As linhas e estruturas complexas pintadas no pergaminho começaram a se desmontar diante de seus olhos conforme sua mente calculou qual seria a melhor posição ideal para um dos Kanji mais fundamental em um fuuin de armazenamento. Por fim, decidiu-se a colocá-lo na direita, conectando-o ao último kanji, espaço, com uma vértice dupla, garantindo que as propriedades de tempo e espaço estariam plenamente entrelaçadas e não falhariam na hora da aplicação do selo.

Piscou, olhando para cima em busca do sol, vagamente reconhecível por entre as nuvens. Mais de duas horas haviam se passado desde que ele tinha começado a produzir o selo e o dia já estava chegando ao fim, um belo crepúsculo saudando sua visão. Kurama sabia que conseguiria terminar o selo, ainda que suas bases, antes que a noite caísse e por isso estava tranquilo quanto ao horário.

“Não é como se eu tivesse alguém me esperando agora, além de fantasmas e memórias, não é?”

Olhando de volta para o pergaminho ele traçou as últimas linhas que conectariam todas as estruturas para formar uma frente unificada, criando um selamento perfeitamente capaz de absorver grande parte dos ninjutsus aquáticos que seus inimigos disparassem em sua direção. Teorizou que técnicas muito poderosas acabariam anulando o efeito do selo em si, mas ele estava confiante o bastante para não se deixar abater. – Agora, quanto ao teste... – Guardou rapidamente seus itens de volta a seus lugares de origem, mantendo apenas o pergaminho simples, a tinta que criou o selo já tendo secado. - Suiton — Suijin no hōken – murmurou baixinho, fazendo os selos de mão necessários conforme evocava três esferas de água de um tamanho razoável, comprimindo-as até que tivessem apenas 10cm de diâmetro.

- Vão. – As esferas começaram a se mover, guiadas por seu chakra, percorrendo dez metros a sua frente antes de estancarem em uma parada abrupta, flutuando preguiçosamente no ar.

Kurama pegou o pergaminho, abrindo-o no chão a sua frente. Não era a situação mais ideal para testar seu fuuin, mas ele supôs que funcionaria. Com um pensamento as bolhas flutuantes dispararam em sua direção, ao mesmo tempo que ele começou a fazer selos de mão. - Hitsuji, tora, uma, saru, hitsuji, tori – Ele terminou o último selo ao mesmo tempo que as três bolhas chegaram a 4m de distância, vindo rapidamente. – Suisei Hōin. Fuuin! – Espalmando as mãos contra o pergaminho aberto no chão e concentrando chakra contra o papel, Kurama sorriu ao ver as três esferas de água estancarem novamente, desta vez sendo absorvidas para dentro do selamento.

Sem explosões, enfeites chamativos ou grandes estrondos. Essa era a marca de um verdadeiro Shinobi. A única coisa que restava para comprovar a existência de três bolhas potencialmente mortais vindo em sua direção era um kanji para “Selo” no centro do pergaminho.

Perfeito.

Kurama; HP: 400/400 CK: 375/400
Velocidade: 06m/s.
Suisei Hōin (水性法印, Water Sealing Method)
Utilizador: Uzumaki Kurama
Rank: B
Classe: Defesa/Suplementar
Alcance: 10m
Selos: Hitsuji, Tora, Uma, Saru, Hitsuji, Tori
Duração: Instantâneo
Descrição: O Suisei Hōin é uma técnica de selamento desenvolvida por Uzumaki Kurama ao observar a natureza de seu chakra, água, e então procurar uma forma de selar o elemento em algo no meio de uma batalha de modo a se proteger de técnicas de shinobis inimigos. Para se utilizar o Suisei Hōin o usuário primeiro deve desenhar a matriz de selamento em um pergaminho em branco, deixando um espaço vazio no meio (lugar onde a técnica selada vai ser armazenada) da matriz. Quando em batalha, basta abrir o pergaminho na direção da técnica aquática que deve ser selada e, desde que ela esteja dentro da área de alcance do jutsu, ela vai ser sugada imediatamente para dentro do pergaminho após a realização dos selos de mão.
Obs: O jutsu selado não pode ser usado posteriormente em batalha, permanecendo dentro do pergaminho indefinidamente.
Obs: A criação do pergaminho não possui custo de chakra, mas ao selar uma técnica de água vindo em sua direção/dentro da área de atuação do selo, o usuário vai gastar uma quantidade de chakra proporcional ao rank da técnica selada.
Obs: Só consegue selar jutsus com poder equivalente a um Rank A
Link: Aqui

Suiton —  Suijin no hōken (水盤:水神の奉献, Water Release: Consecration of the Water God)
Utilizador: Uzumaki Kurama
Rank: C
Classe: Ofensivo
Tipo: Ninjutsu
Alcance: 15m
Selos: Hitsuji, Tora, Uma, Saru
Duração: 3 Turnos
Descrição: Kurama desenvolveu esta técnica ao procurar uma forma de moldar seu chakra Suiton para ajudá-lo em batalha, sendo o primeiro jutsu usando o elemento criado por ele. Trata-se de uma técnica bastante simples, mas que se usada corretamente pode ser devastadora. Primeiramente o usuário da técnica deve moldar a água ao redor dele (ou cuspi-la antes de moldá-la, se necessário) para que tomem o formato de três esferas flutuantes ao redor de seu corpo. As esferas são, em seguida, comprimidas mais e mais até atingirem o tamanho concentrado de 10cm de diâmetro. O verdadeiro poder devastador por trás disso é que o impacto das esferas acaba sendo muito mais letal justamente por conta dessa compactação, tendo uma grande quantidade de "massa" atingindo um ponto só do corpo do inimigo.
O usuário pode comandar as esferas ao seu bel prazer, desde que não exceda o limite de alcance do jutsu. Caso o tente fazer, ou seja obrigado a fazê-lo, as esferas perdem o contato com o chakra sustentando-as e voltam ao seu estado normal.
Obs: O usuário gasta 10ck/turno para manter as esferas ativas e sustentadas com seu chakra, para além do custo inicial de crianção delas, após o primeiro turno.
Obs: Cada esfera causa 30 de dano ao entrar em contato com o alvo, sendo este um dano de contusão (pancada).
Obs: A velocidade das esferas é dois pontos menor que a do utilizador.
Link: Aqui

_______________________


"True, we don't have anything such as 'fate'.
It's only those who drink in ignorance and fear
and stumble over their own feet
that fall and disappear within the muddy river
known as 'fate'."

Principal: Ficha do Personagem; Banco; Criação; Treinamento;
Variado: Custos&Danos; Jutsus p/Batalha;
avatar



Kurama assentiu, satisfeito. Já havia dominado dois jutsus relativamente poderosos, expandindo significativamente seu arsenal. Não era a situação perfeita, afinal ele ainda tinha muito o que aprender e aperfeiçoar, mas estaria bom por enquanto.

Guardou todos os seus pertences em seus respectivos lugares, deixando seu campo de treinamento para descansar um pouco.

Kurama; HP: 400/400 CK: 375/400
Velocidade: 06m/s.

_______________________


"True, we don't have anything such as 'fate'.
It's only those who drink in ignorance and fear
and stumble over their own feet
that fall and disappear within the muddy river
known as 'fate'."

Principal: Ficha do Personagem; Banco; Criação; Treinamento;
Variado: Custos&Danos; Jutsus p/Batalha;
avatar

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

resposta rápida

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum